Portugal é dos países que mais energias renováveis consome na UE

Portugal é o 8º país, entre os 28 Estados-membros, que mais consome energia através de fontes renováveis.

Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Dados recentemente divulgados pelo Eurostat, o gabinete de estatísticas da União Europeia (UE), revelam que Portugal é o 8º país, entre os 28 Estados-membros, que mais consome energia através de fontes renováveis e que está perto de atingir as metas definidas para 2020.

Em 2015, as renováveis representavam 28% do consumo final bruto de energia. Os dados do Eurostat mostram ainda que nesse ano a energia limpa já tinha uma importância de 16,7% em toda a União Europeia, sensivelmente o dobro do valor que se verificava em 2004 (8,5%), primeiro ano para o qual há números disponíveis. A expectativa é que esse valor seja de 20% até 2020.

Dos 28 Estados-membro, 10 já ultrapassaram as metas individuais fixadas para 2020 – na Suécia, por exemplo, o consumo final bruto de energia ascende a 53,9%; a meta era de 49%.

Em 2004, Portugal consumia 19,2% de energia de fontes limpas. O valor de 28% é o oitavo mais elevado entre os países europeus e o quinto mais elevado entre os países que partilham o euro. A meta de Portugal para 2020 é de 31%. Recorde-se que no ano passado esteve 4 dias consecutivos só a consumir de renováveis e que em 2016 esta via representou 57% do consumo de electricidade.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.