Versão gratuita do Spotify vai ter menos música

Álbuns da Universal vão sair duas semanas antes para utilizadores Premium.

O Spotify vai passar a disponibilizar álbuns de artistas da Universal Media Group com 2 semanas de antecedência para utilizadores Premium. A novidade é fruto de um acordo novo entre as empresas, anunciado esta semana e redefine o modelo de negócio do Spotify, até aqui assente num catálogo comum às assinaturas Free e Premium.

Em comunicado, Daniel Ek, CEO do Spotify, explica os contornos do acordo de licenças global. “A partir de hoje, os artistas da Universal podem escolher lançar novos álbuns em exclusivo para os clientes Premium, durante 2 semanas, oferecendo aos subscritores uma oportunidade antecipada de explorar o trabalho criativo completo, enquanto os singles estão disponíveis em toda a plataforma do Spotify”, desenvolveu o dirigente.

Desde que foi lançado em 2008, o Spotify nunca distinguiu o catálogo entre os utilizadores gratuitos e os que assinam o serviço de streaming mensalmente. Esta alteração agora anunciada e aplicada significa catálogo do Premium passará a ser mais alargado, sem restrições no acesso a lançamentos mais recentes.

A parceria foi muito valorizada por ambas as empresas que agradecem a colaboração e cooperação uma da outra. Lucian Grainge, CEO do Universal Music Group, aproveitou para falar sobre a importância das plataformas de streaming na indústria da música. “As únicas constantes têm de ser música excelente e uma retribuição justa para criadores e artistas. Nesse sentido, o sucesso a longo prazo do Spotify e de outros serviços parecidos, é essencial para a saúde deste ecossistema, explicou.

The Verge adianta ainda que o acordo deverá acontecer em moldes semelhantes com as principais produtoras musicais restantes – a Warner Music Group e a Sony Music Group.

No mercado português, o serviço Premium do Spotify custa 6,99 euros por mês e já permitia ouvir música sem anúncios, offline e com alta qualidade. A partir de agora, passa a disponibilizar acesso sem barreiras ao catálogo.