O Festival Cara ou Coroa deixou marca na cidade de Setúbal

9 obras de arte numa galeria a céu aberto.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

O CARA OU COROA Street Art Festival passou por Setúbal e plantou, numa ampla avenida de frente para o icónico estuário do Sado, uma belíssima mini-galeria de arte urbana. Reúne o trabalho de 9 artistas ao longo dos prédios coloridos que compõe a marginal Alameda das Palmeiras, junto ao bairro da Bela Vista.

 

O festival teve a organização da ACUPARTE, a associação encabeçada por Smile1art, um artista já conhecido dos locais mais atentos. Outro dos parceiros de organização foi a Câmara Municipal de Setúbal através do projecto Nosso Bairro, Nossa Cidade. Uma iniciativa municipal que visa reforçar os laços e a participação cívica da comunidade do Bairro da Bela Vista e das comunidades circundantes.

Inspirados pelo contexto e pelas vivências características do bairro, a dupla suiça Bane & Pest, o brasileiro Utopia, o alemão Norm, o espanhol Tretze e os portugueses Nark, Samina, Smile, Gonçalo Mar e Projecto Matilhadecoraram 9 empenas, cada um no seu estilo próprio, com motivos que facilmente se associam ao Bairro.

Já durante a pintura e as iniciativas que compuseram o certame se percebeu a receptividade dos moradores face a esta iniciativa que transforma um dos bairros marginais da cidade de Setúbal numa das mais bonitas galerias de arte urbana do nosso país.

Nark

Norm

Tretze

GonçaloMAR

Utopia

Projecto Matilha

Bane & Pest

Samina

Smile

Fotografias: Marco Brandão

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!