Um documentário sobre a cultura Hip Hop nos Açores

'AZ-RAP: Filhos do Vento' estreou no festival Tremor e pode agora ser visto no site da Red Bull.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

AZ-RAP: Filhos do Vento é um documentário sobre a cultura Hip Hop nos Açores. Os protagonistas são os rappers e alguns intervenientes de destaque na cultura açoriana, como Sandro G, Fred Cabral, Fugitivo, LBC ou António Pedro Lopes, co-director artístico do festival Tremor.

Com a duração de 21 minutos, o filme conta a história sobre a realidade de alguns dos bairros açoreanos, como é o caso de Rabo de Peixe. Para ilustrar a expressão cultural dos Açores, são chamados vários protagonistas, que destacam a insularidade como fonte de inspiração e os elementos que moldaram a história do arquipélago como factores condicionantes da sua abordagem artística.

O documentário teve direito a antestreia no último dia do Tremor, estreando agora no site da Red Bull. AZ-RAP: Filhos do Vento vai contar ainda com uma digressão pelas cidades de Lisboa, Porto e Angra do Heroísmo.

Créditos

Protagonistas:

  • António Pedro Lopes – Co-director Artístico, Festival Tremor (São Miguel)
  • António Sousa – Radialista, Antena 1 Açores (São Miguel)
  • Carlos Papassa – Amigo do Sandro G (São Miguel)
  • DLJay – Rapper (Terceira)
  • DML – Rapper (Terceira)
  • Fred Cabral – Rapper (São Miguel)
  • Fugitivo – Rapper (Terceira)
  • Hakeem – Rapper (Terceira)
  • Kapu – Rapper (Terceira)
  • LBC – Rapper (São Miguel)
  • Rushrap – Blogger (Terceira)
  • Sandro G – Rapper (São Miguel)
  • Swift Triigga – Rapper (São Miguel)
  • Valério – Rapper (São Miguel)

Ficha Técnica:

  • Guião: Rui Miguel Abreu
  • Realização: Diogo Lima
  • Edição: Diogo Lima e André Mendes
  • Direcção de Fotografia: João Vaz
  • Som: Tiago Galvão
  • Pós-produção de som: João “Smog” Azevedo
  • Pós-produção de imagem: André Mendes
O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!