Somos 7,5 mil milhões no mundo

“O mundo acaba de anunciar que tem 7,5 mil milhões de utilizadores.”

A população mundial ultrapassou a marca dos 7,5 mil milhões, de acordo com o World Population Clock, site que congrega dados de várias fontes altamente reputadas, como as Nações Unidas, a Organização Mundial de Saúde e o Banco Mundial.

O novo patamar foi atingido no dia 25 de Abril e significa que existem mais de 25 milhões de pessoas desde o início de 2017, conforme nota o The Next Web. Mais de metade da população mundial tem 30 anos ou menos. A Nigéria é o país mais jovem, enquanto que o Mónaco é de todos os territórios aquele com a população mais envelhecida. Globalmente, existem mais 65 milhões de homens que mulheres.

A China é o país mais populoso, mas estima-se que em cinco anos venha a ser ultrapassada pela Índia, cuja população está a crescer a um ritmo de 15,7 milhões de pessoas por ano. A China, a Índia, os Estados Unidos, a Indonésia, o Brasil, o Paquistão e a Nigéria representam, juntos, metade da população mundial. O país reconhecido com menos pessoas no mundo são as Ilhas Pitcairn – lá, são apenas 50.

A população mundial está a crescer a um ritmo de 1,11% por ano (cerca de 80 milhões de pessoas), prevendo-se que chegue a 8 mil milhões em 2024. O marco dos mil milhões foi atingido no início do século XIX e o dos 5 mil milhões em 1987 (há 30 anos).