A história do Beatbox também passa pelo IndieLisboa

O documentário 'Beatbox, Boom Bap Around the World' merece a tua atenção.

documentário história do Beatbox
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Os filmes documentais e as brilhantes retrospectivas que realizadores independentes fazem sob temas marginais são uma das vertentes mais surpreendentes do IndieLisboa. Este ano não é excepção e nesse capítulo, há pelo menos uma sessão combinada que não vais querer perder. Beatbox, Boom Bap Around the World é um filme de Pascal Tessaud que conta a história da evolução deste elemento peculiar da cultura Hip Hop um pouco por todo o mundo.

Os protagonistas, como não podia deixar de ser, são as estrelas da especialidade, lendas da disciplina como Sly Johnson, Doug E. Fresh, Kenny Muhammad, Rahzel ou Babeli e jovens promessas francesas como BMG, Flashbox e Alem e Wawad. Ao longo de 55′, Tessaud leva-nos numa viagem desde os primórdios tribais do beatbox, em África, até à sua inclusão na cultura Hip Hop, em Nova Iorque nos anos 80.

O filme será transmitido em duas sessões no dia 12 de Maio, às 11h na Culturgest e às 21h30 no Cineteatro Capitólio, mas a viagem por este mundo não termina aí. Em sequência, o lado nocturno do Indie Lisboa, preparou uma noite especialmente dedicada ao beatbox com a presença de Wawad, já por duas vezes campeão francês, e de WilsonP, nome que se tornou uma referência em Portugal em duo com SP Deville, e a realização de uma battle de beatbox com 8 candidatos a lutar pela vitória.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!