Europa Sobre Rodas: finalmente de volta à estrada #9

Após 12 dias em Cracóvia, finamente estamos de volta à estrada.

Após 12 dias em Cracóvia, o sítio onde estivemos mais tempo desde que saímos de Massamá, finamente estamos de volta à estrada. Ao longo destes dias não sabíamos ao certo o que se passava com a nossa auto-caravana, o que nos deixou preocupados. O nosso maior “medo” era não pudermos continuar a viagem, como tínhamos sonhado.

Mesmo assim, mantemo-nos sempre positivos e chegámos a pensar continuar de mochila às costas. Mas felizmente, ficou tudo resolvido pelo melhor. O problema foi apenas o kit de embraiagem, como nós tínhamos pensado. Custou-nos foi mais que o orçamento que nos tinham dado – 530 euros. No meio do azar, tivemos sorte por ter acontecido em Cracóvia, uma das cidades mais bonitas e baratas em que estivemos.

Seguimos da Polónia para a Eslováquia, onde estamos neste momento. A Eslováquia surpreendeu-nos em termos paisagísticos – tem muitos montes com árvores e é só mantos verdes. Ao passámos pelas aldeias do interior, deparamo-nos com alguma pobreza. Vimos muitas pessoas a viver em “barracas” ou prédios abandonados, crianças a correr na rua praticamente despidas e alguma miséria, o que até agora não tínhamos visto em nenhum país onde passámos. Essas pessoas não nos pareceram ser de ascendência Eslovaca, o que nos levou a crer serem refugiados.

Visitámos o Parque Natural Polonini, o único na Europa onde é possível observar ursos, lobos e bisontes no seu estado selvagem. Demos uma grande caminhada por um trilho do parque com esperança de ver, mas não conseguimos.

Em breve, vamos seguir para a Ucrânia, mas sem viajar muito para o seu interior. Apesar de termos vontade de ver os países todos mais a fundo, o nosso dinheiro e tempo limitado não nos permite. Assim, temos que fazer escolhas dos sítios onde queremos passar mais e menos tempo e vamos estar pouco tempo na Ucrânia e na Roménia, para continuarmos a descer e estarmos na Grécia, sensivelmente a meio de Junho.