Um vídeo dedicado às mães que dão tudo, todos os dias

'Incondicional' é uma narrativa emocional de celebração do Dia da Mãe.

A FIM é uma jovem produtora de vídeos que, em 2016, assinou anúncios de marcas como o Lidl, a Olá e a McDonald’s. Com os 30 filmes criados, incluindo o viral “Study In Lisbon”, a FIM provou no seu primeiro ano de vida que saber, melhor que ninguém, como contar histórias.

“A FIM está a ter um segundo ano com um crescimento bastante acentuado e um pipeline de filmes sempre muito preenchido”, refere-nos Rui Malvarez, fundador e director da FIM, por e-mail. “Mudámos para uma nova sede, onde partilhamos espaço com os Homem Bala (de animação 2D) e os Ergonoise (de design sonoro), adquirimos equipamento, etc.”

Os primeiros quatro meses de 2017 foram muito intensos e, nas palavras de Rui, “começámos a sentir necessidade de pararmos um pouco e criarmos algo nosso.” Com o Dia da Mãe à porta, o motivo para criar um filme original, sem marca, existia. O resultado é surpreendente.

Incondicional é uma narrativa emocional de celebração do Dia da Mãe, que se assinala este fim-de-semana, e uma homenagem a todas as mães. O vídeo, em linha com outros trabalhos da FIM, reforça o talento da produtora de Rui Malvarez e o posicionamento como contadora de histórias capazes de mexer com o público.

A história foi escrita pelo Rui e o protagonista é o seu pequeno filho, Miguel Malvarez. “Um filme em nome próprio tem sempre o grande desafio de controlar ao máximo um budget que praticamente não existe. Actores que são amigos e familiares, casas de amigos, retrosarias que são frequentadas pela família, etc, são ajudas fundamentais para que se consiga criar algo com tão pouco”, explica-nos. “Nunca descurámos a questão da imagem e da estética mas tentámos mostrar que por vezes é possível fazer algo bonito com 4 ou 5 pessoas e material de gama média.”

A produção de Incondicional contou também com a criação de música original pelo compositor António Santos, pós-produção de imagem com a Push VFX e a pós-produção de áudio com a Ergonoise. “No fundo, a dedicação e a vontade são os trunfos para fazer algo do qual nos orgulhamos.”

Podes continuar a acompanhar o trabalho da FIM no Facebook, no Vimeo e, claro, também no site. Rui Malvarez diz que a produtora está a entrar “num novo ciclo, e que começam a esperar de nós coisas que sejam cada vez mais originais e relevantes”.