A Microsoft conseguiu novamente. Este é o novo Surface Pro

Equipamento vem com melhorias na bateria e na performance.

Surface Pro
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Ao longo dos últimos anos, a Microsoft tem adicionado novos computadores à linha Surface (o Studio, o Book e o Laptop), mas o modelo original – o Surface Pro – não era actualizado desde 2015. O sucessor do Surface Pro 4 demorou a chegar mas está finalmente aí.

Chama-se apenas Surface Pro – a numeração desaparece para alinhar o novo produto com os restantes. Vem com melhorias ao nível da bateria e da perfomance e inclui novas capas e também uma nova Surface Pen. Com um design não muito diferente do da geração anterior, o Surface Pro promete agora 13,5 horas de bateria, que, segundo a Microsoft, é 50% mais que o Pro 4 e 35% mais que o iPad Pro.

O processador é da Intel. Podes escolher entre um Intel Core m3, um Intel Core i5 e um Intel Core i7, a configuração de topo. Ambos são silenciosos, garante a Microsoft. Além destas duas versões, existirá uma variantes com suporte para 4G/LTE.

O novo Surface é ainda mais fino e leve, tendo apenas 8,5 mm de espessura. O ecrã tem 12,3 polegadas, uma densidade de pixels de 267 ppi e um aspect ratio de 3:2. A Microsoft voltou a fazer comparações com hardware da Apple, para dizer que o ecrã do Surface Pro tem 50% mais pixels que o MacBook de 12 polegadas.

O ecrã pode ser colocado em várias posições, consoante a funcionalidade computador-tablet. Nesta nova versão, existe a opção “Studio”, que permite deitar o ecrã a 25° – ideal para desenhar. O Surface Pro também suporta o acessório Surface Dial, até aqui compatível unicamente com o Surface Studio.

Além do Dial, o Surface Pro tem outros acessórios. As Type Covers estão disponíveis em várias cores e feitios; além de servirem como capa, têm um teclado incorporado. As de alcântara estarão disponíveis por 159 dólares e as lisas por 129 dólares.

A Surface Pen, a caneta para escrever ou desenhar no equipamento, tem novas cores e sensibilidade melhorada. Agora suporta 4096 níveis de pressão e tem uma latência reduzida para os 21 milissegundos. Não virá incluída com o Surface Pro e terá o custo aproximado de 99 dólares.

O novo Surface Pro tem um preço a começar nos 799 dólares e já está em pré-venda. As primeiras unidades chegarão às mãos dos consumidores no dia 15 de Junho.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!