Passeia no museu de moda virtual criado pela Google

Há mais de 3 mil anos que vestimos cultura.

moda virtual google

É como se estivesses a entrar em alguns dos museus de moda mais conhecidos do mundo, mas sem teres de sair de casa. Foi a pensar em ti que a Google criou o maior museu de moda virtual do mundo. “We Wear Culture” é uma colaboração entre a Google e mais de 180 museus, escolas, instituições de moda e outras organizações de todas as partes do mundo. Faz parte da plataforma Arts & Culture da Google, que está digitalizar os tesouros culturais do mundo e a torná-los acessíveis a todos os que têm ligação à Internet.

Funciona como um guia pesquisável para um arquivo de cerca de 30 mil peças de moda que colocam “três milénios de moda ao teu alcance”, mas não se trata apenas de um banco de dados.

A Google trabalhou com curadores para criar mais de 450 exposições sobre diferentes tópicos sobre ícones que mudaram o mundo da moda; movimentos como os punks ou os dandies; ensaios sobre, por exemplo, a relação arte-moda; e a origem e história de acessórios e peças de roupa específicas como a moda das calças rasgadas ou do chamado choker.

O site acaba por ser um um portal educativo e infinitamente divertido, a cada clique há uma atracção e imagens deslumbrantes. “We Wear Culture” disponibiliza vários formatos para permitir que os espectadores explorem os muitos objectos disponíveis. Entre eles, há um vídeo interactivo sobre uma peça de Coco Chanel que descreve brevemente a história da roupa preta e de como a marca criou o famoso little black dress num dos principais marcos de qualquer guarda-roupa.

Outra secção permite explorar os detalhes mais pormenorizados das roupas através de fotografia de alta resolução.
Queríamos mostrar que a moda é muito mais profunda do que a roupa que tu usas, que há uma história por trás disso, há pessoas por trás disso, há influências que vêm da arte, que vêm da música, que vêm da cultura na sua forma mais ampla”, disse Kate Lauterbach, gerente de programa da Google Arts & Culture. “E nós acreditamos que ter este tipo de recurso online seria realmente valioso”.
É fácil ser absorvido pelo site, ficar horas no scroll down, seja a explorar a linha temporal sobre a história dos sapatos seja a caminhar virtualmente pelos corredores do Museu Frida Kahlo na Cidade do México. É uma maneira agradável de perderes uma tarde, que te dá uma nova compreensão acerca do que está pendurado no teu roupeiro.