Descobre o Clitóris com esta divertida animação

Le Clitóris inicia-se como uma reflexão sobre a sorte que as mulheres têm por ter o único órgão no corpo humano dedicado exclusivamente ao prazer.

O documentário animado, Le Clitóris inicia-se como uma reflexão sobre a sorte que as mulheres têm por ter o único órgão no corpo humano dedicado exclusivamente ao prazer. Esta animação pode servir com uma divertida aula de educação sexual ou como uma belíssima animação para toda a família – caso os pais precisem de um empurrãozinho para facilitar a resolução das dúvida dos seus filhos.

Realizado por Lori Malépart-Traversy, foi o projecto de final de curso na Mel Hoppenheim School of Cinema, na Universidade de Concordia em Montreal, Canada. Já ganhou prémios em diversos festivais, um pouco por todo o mundo. O filme é resultado da combinação de gouache em papel com animação digital 2D durante três minutos de instrução sobre um dos órgãos mais fascinantes do corpo humano.

Conhecido desde a Grécia Antiga, o clitóris foi oficialmente identificado apenas em 1559. E, embora possa não ser do conhecimento geral, ou simplesmente alvo de muita reflexão, o que vemos à superfície é apenas a ponta do iceberg – o clitóris apresenta duas extensões que ficam erectas até cerca de 10 centímetros dentro do corpo. Este é somente um dos muitos factores que torna o clitóris tão parecido com um pénis –  não tivessem ambos a mesma origem.

Se o orgasmo feminino chegou a ser incentivado pela igreja para libertar a tensão sexual, no século 19 os médicos começaram a associar o prazer feminino a doenças, renegando o clitóris a um órgão sem utilidade. Actualmente é conhecido que a sua única função é dar prazer, mas vejam o vídeo, estão lá estas dicas todas, num guia de 3 minutos para o conheceres melhor o clitóris, as mulheres agradecem e a humanidade em geral também.