Próximo filme de Tarantino será sobre os homicídios da Família Manson

Quentin Tarantino irá realizar um filme sobre Charles Manson, nomeadamente sobre o assassinato da actriz Sharon Tate pela Família Manson, em 1969.

Quentin Tarantino irá realizar um filme sobre Charles Manson, mais propriamente sobre o famoso  assassinato da actriz Sharon Tate, pela Família Manson, em 1969, segundo avança a The Hollywood Reporter.

Sharon Tate, actriz e esposa do realizador Roman Polanski, foi assasinada na noite de 8 de Agosto de 1969. Charles Manson foi o autor moral do crime, tendo ordenado que os membros da sua família (um grupo de criminosos) invadissem uma casa em Los Angeles e matassem quem encontrassem. Do crime onde foram usadas diversas armas de fogo e facas, resultaram 5 mortes, entre elas a de Tate, grávida na altura. Em 1971, Charles Manson acabou por ser condenado a prisão perpétua, assim como diversos outros membros desta família, composta por Charles “Tex” Waxton, Bobby Beausoleil, Paul Watkins, Clem Grogan, Bruce Davis e as mulheres Susan Atkins, Linda Kasabian, Patricia Krenwinkel, Leslie Van Houten, Ruth Ann Moorehouse, Lynette “Squeaky” Fromme e Mary Brunner.

Este será o primeiro filme de Tarantino baseado numa história verídica e deverá ser também o penúltimo da sua carreira, já que o realizador afirmou, após o The Hateful Eight  (2015), que só iria fazer mais duas obras. Segundo o The Hollywood Reporter, para integrar elenco deste novo projecto cinematográfico Tarantino contactou grandes figuras de Hollywood como Brad Pitt, que já participou anteriormente num filme do realizador, Inglorious Bastards (2008), Jennifer Lawrence, que quase trabalhou no último filme do realizador, ou Samuel L. Jackson (suspiremos enquanto recordamos o Pulp Fiction), entre outros.

De acordo com a THR, Tarantino já está na fase final do argumento do filme e as filmagens deverão iniciar-se no verão de 2018.