Manel Cruz regressa em grande com “Ainda Não Acabei”

Manel regressa como sempre, inventivo e igual a si próprio.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Com presença marcada no Vodafone Paredes de Coura e a pouco menos de um mês do festival, Manel Cruz apresenta em primeira mão uma das canções que fará parte do alinhamento. “Ainda Não Acabei” é assim o princípio do que se segue a Estação de Serviço, o concerto em que o conceituado músico português revisitou canções de vários projectos ao longo da sua carreira.

Na nota que acompanha a publicação do vídeo no YouTube, Manel Cruz nomeia esta nova fase de Extensão de Serviço e adianta que terá a companhia do costume de Nico Tricot, teclado e voz , Edu Silva, baixo e voz, e António Serginho na percursão.

Sobre a música não há muito que se possa dizer. Manel Cruz regressa como sempre, inventivo e igual a si próprio, no registo que caracteriza o lado da sua carreira em que assina com nome próprio ou singular. “Ainda Não Acabei” traz à memória o melhor de projectos inesquecíveis como o álbum Foge Foge Bandido, editado em 2008.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!