Metá Metá, o furacão jazz de São Paulo vai passar por Portugal 

Na sua tour europeia vão fazer dupla paragem em Portugal.

Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Já deves ter percebido que temos um fraquinho pela cena underground de São Paulo. Do hip hop de Criolo ao Absurdo de Juçara Marçal, Rodrigo Campos, Nuno Ramos e Gui Amabis, passando mais recentemente pelo samba-punk de Kiko Dinucci, a efervescência é notória e a conexão torna-se inevitável. Especialmente em oportunidades como a que hoje anunciamos de assistirmos ao vivo a artistas que têm invadido as nossas plalylists. 

Metá Metá é uma banda de jazz de São Paulo, formada, curiosamente, por dois dos músicos que acima referimos, Juçara Marçal na voz, Kiko Dinucci na voz e na guitarra, e por um terceiro, no saxofone, Thiago França. Juntos desde 2008, condensam no seu jazz livre uma multiplicidade de referências da cultura brasileira como o samba ou o candomblé, com outras tonalidades como o rock. Em MM3, o último registo da banda, juntam-se recordações árabes trazidas de uma viagem dos músicos a Marrocos à marcada influência que o contexto social e político exerce sobre artistas desta sensibilidade, o que resulta num disco caótico em que melodias tranquilas são frequentemente rasgadas por loucuras do saxofone, da guitarra ou da própria voz de Juçara com o seu jazz vocal. O colectivo completa-se com Marcelo Cabral (baixo) e Sergio Machado (bateria).

 

Na sua tour europeia vão fazer dupla paragem em Portugal, em Lisboa na iniciativa Bairro Intendente em Festa e mais a sul, no Festival de Músicas do Mundo de Sines que sempre nos habituou a grandes pérolas nos seus cartazes. Esta não é a primeira vez no nosso país, ainda em Setembro do ano passado passaram pelo Teatro da Trindade, mas é uma oportunidade a considerar para quem está agora a descobrir a banda ou para quem gosta de ir a um bom concerto à descoberta.

“O Metá Metá não é uma banda solar, de vestir uma camisa floral, beber caipirinha e ficar curtindo. O Metá Metá é de se jogar no show, de pular, de dançar candomblé.” descreve Kiko Dinucci à Rolling Stone brasileira. 

Todos os trabalhos da banda – como quase todos os deste grupo de artistas – estão disponíveis para download gratuito no seu site, e se ficaste com curiosidade pela performance ao vivo, aqui fica um excerto para abrir o apetite.

 

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.