De repente, os maiores dealers ficaram offline na Dark Web

Sites que vendem droga ficaram inacessíveis sem dar qualquer nota aos utilizadores.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Alguns dos principais mercados de droga na Dark Web ficaram misteriosamente offline esta semana.

Desculpa se te apanhámos de surpresa com a informação de que há sites secretos a vender – traficar, leia-se – droga num beco da internet, mas não tínhamos outra forma de começar esta notícia. Segundo reportaram alguns redditors e confirmou ao The Next Web um insider da Dark Web, os principais mercados paralelos – Dream Market, Trade Route, Tochka e WallStreet – desapareceram sem dar qualquer nota aos utilizadores.

O assunto causou algum pânico na internet; alguns utilizadores recordam que ataques de DDoS – que colocam os sites offline – costumam anteceder acções judiciais consertadas e o desmantelamento dos sites.

Embora neste caso não haja ainda informações sobre o que passa ou se vai passar, certo é que a atenção das autoridades parece estar cada vez mais virada para os seus cantos escuros da internet. Em Julho passado, a polícia holandesa, a Europol, o FBI e a DEA revelaram uma operação conjunta de que resultou a morte do AlphaBay e Hansa, dois mercados online semelhantes aos que agora se encontram em baixo.

Nessa operação, a polícia holandesa anunciou ter conseguido aceder a detalhes sobre compradores e vendedores, o que pode ter permitido abrir novas portas a investigações sobre a complexa rede de mercados online.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!