A música que nunca te deixa só, o Hip Hop como força motivacional

Esqueçam as playlists motivacionais do Spotify, sugerimos-te aqui 30 músicas de Hip Hop em português que vão motivar-te mais.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Como seria a vida sem música? Esta inquietante pergunta de nada serve na verdade. Para muitos imaginar essa possibilidade seria o mesmo que imaginar a vida sem cor, pelo que este devaneio inicial serve o propósito único de comprovar de modo pouco científico, porém relacional, o importante complemento que os ritmos e batidas tem no nosso dia a dia. São muitos os estudos científicos demonstrativos do impacto emocional da música. Um dos últimos, conduzido por Matthew Sachs, concluiu que as pessoas que se arrepiam a ouvir música têm o cérebro estruturalmente diferente. Se quanto à disciplina em geral não resta grande espaço para dúvidas, há categorias em particular que merecem a nossa atenção. E quando o assunto é motivação, o Hip Hop surge à cabeça.

A grande maioria das músicas inspiradoras desta cultura apresentam-se como uma junção perfeita de ambição, crer e perseverança. Com uma linguagem mais objectiva do que a de géneros como o Rock ou o Jazz, transmitem uma sensação única de exclusividade e pertença. A ideia de que a música foi criada a pensar em nós é algo comum. Tal como a capacidade de nos teletransportar rapidamente para o universo que é relatado na faixa, promovendo um sentimento de pertença, onde as mais diversas emoções podem ser experimentadas.

Este relacionamento único com o ouvinte é reflexo das temáticas abordadas, muitas delas do quotidiano comum, outras do comum desconhecido, que graças ao Hip Hop ganham uma voz, um novo palco, ampliando e possibilitando a descoberta de meios e ambientes desconhecidos para quem não vive determinada realidade.

Um ponto comum em quase todas as faixas de Hip Hop é a retórica “Se eu ganhar, nós ganhamos” ou como os Grognation dizem “Se é para ir vamos todos, ninguém vai só”, criando uma fortaleza impenetrável nas ambições não só do artista como do próprio ouvinte – sentimento que, diga-se de passagem, é cada vez mais fortalecido pelas redes sociais. Para além das rimas, importantes canais para a nossa imaginação ganhar assas – não fosse a poesia uma superior forma de expressão – os instrumentais são também importantes veículos de emoções, capazes de chegar ao público com a mesma força que as rimas, e por vezes sem ser necessário um MC sequer – vejamos o exemplo de Orelha Negra.

Esqueçam as playlists motivacionais do Spotify, experimentem sintonizar algumas das faixas e respectivos artistas que aqui partilhamos. Com especial foco sobretudo em malhas mais recentes, aqui estão 30 das faixas de Hip Hop em português que passam pela nossa redacção quando queremos motivar-nos.

Apollo G feat. B.H – Real Work

Bispo – Sentimento

Carlão – Viver Pra Sempre

Chyna x Fumaxa – Real

Dealema c/ Ace – Bom Dia

Don G – Rouba Toda Gente (feat. Godô & Van Sophie)

Força Suprema – Tamu A Correr

Fuse – Provavelmente

Indian Man – Ver P’ra Crer

Kappa Jotta – Brincas

Landz – Agrada Só Bó

Maze & Daddy-O-Pop – Começar de Novo

 Muleca XIII – Arrisca

Mundo Segundo & Sam The Kid

NGA – Vingança (feat. Ne Jah)

NGA – Normal

No Money – Se Eu Não For Rico

Phoenix RDC – Dureza

Prodígio – Notas de 5

Profjam – Mortalhas

Puro L – O Último Mortal

Regula – Pay Day

Slow J – Fome

Toy Toy T-Rex – Atrás do Meu

Uzzy – Tudo Que Faço

Vado Más Ki Ás – Na Correria

Vivex C.A.S. – Bu Ca Conxi

Veneno – Depois Do Coma

Wet Bed Gang – Já Passa

Wet Bed Gang – Todos olham

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!