A maior mudança da história da Dropbox

A diferença está no design.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

É provável que não te tenhas apercebido ou que não tenhas conhecido a marca no seu princpío, mas facto é que a Dropbox já tem uma considerável história de 10 anos. 10 anos marcados pelo mesmo logótipo, a velha caixinha. Com os anos perdeu foi perdendo as sombras e os gradientes e agora sofrerá a maior alteração da sua história.

A forma principal à primeira vista parece não diferir muito, o que revela a importância dada à manutenção do reconhecimento até aqui conquistado, mas um olhar mais atento aclara o novo posicionamento da marca. Já não é novidade que a equipa responsável pela Dropbox tem como mantra tornar o trabalho mais simples e, agora, essa mensagem torna-se centro da comunicação. Para chegar ao logo, similar à caixa, a nova linha gráfica suporta-se numa construção modular, revelada pela animação, e que facilmente poderá variar para outros produtos.

Para além disso, esta nova fase da Dropbox é marcada pelo surgimento de uma nova tipografia, quer no logo quer nos headlines do website. A Sharp Grotesk é uma família com uma grande variedade de estilos e pesos que permitirá manter a coerência alternando o tom da comunicação.

Quanto à paleta cromática, é o aspecto onde se notam as diferenças mais evidentes. A nova identidade da Dropbox aposta em contrastes fortes e, diríamos, nem sempre aconselháveis, apesar de globalmente se enquadrarem.

Esta mudança foi promovida pela equipa inteiramente responsável pela marca, com o apoio dos estúdios COLLINS, Instrument, XXIX, Sharp Type, e Animade. Numa vista geral conclui-se rapidamente que este rebranding foi o rejuvenescer da comunicação de uma marca que há muito não evoluía do ponto de vista da comunicação. A nova roupagem e expressão da Dropbox procura apelar à geração que vive e trabalha na internet e finalmente parece ter percebido a exigência e a diferenciação que esse público procura.

De resto, o conceito que marca toda a mudança não prima pela originalidade, embora sirva suficientemente o trabalho gráfico. Bring Together é o motto da Dropbox para juntar cores antagónicas e diferentes expressões gráficas, nada de novo mas serve o propósito de levar a marca até novos territórios de comunicação, como o da criatividade.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!