Kevin Spacey cai da cadeira de presidente

A Netflix comunicou que não estaria envolvida em mais nenhuma produção que envolvesse Kevin Spacey. O que será de House of Cards?

O que parecia ser um lugar de consagração, revelou-se frágil perante as alegações de Anthony Rapp sobre o actor. A história tem circulado a um ritmo alucinante, bem como as críticas cerradas à forma como Kevin Spacey reagiu. Menos definitiva tem sido a resposta da Netflix e das outras produtoras associadas ao actor que rapidamente marcaram o seu afastamento de Kevin Spacey e procuram agora forma de ultrapassar a situação.

Logo no dia em que a questão explodiu, a Netflix comunicou que não estaria envolvida em mais nenhuma produção de House of Cards que envolvesse Kevin Spacey mas.. a história não se fica por aí, nem se limita a House of Cards. Também o filme Gore, produção original netflix com Spacey como estrela maior, que já estava em fase de pós-produção terá o seu lançamento cancelado.

Quanto ao futuro de House of Cards, e pela sua popularidade, os rumores sobre o desfecho multiplicam-se. Depois de dizer e se contradizer sobre a produção da 6ª temporada da série – que deveria estrear em 2018 – surgem agora rumores da produtora estar a equacionar diferentes caminhos para sair deste beco para onde Spacey os levou.

A juntar às palavras objectivas de Anthony Rapp, Kevin Spacey também se viu como centro de várias acusações por parte de elementos da equipa e do elenco da série sobre a sua conduta incorrecta, descrita à CNN por 8 ex-colegas seu como tóxica.

Todo este cenário obriga a Netflix e a MRC (Media Rights Capital) a agir rapidamente. Por um lado é importante assegurar a continuidade de uma das séries mais bem sucedidas dos últimos anos, por outro é fundamental manter a imagem limpa e.. não despedir as mais de 300 pessoas empregadas na produção. Vários cenários estão em cima da mesa, entre eles surgem dois especialmente disruptivos. Uma das ideias em equação passa por encaixar no guião a morte de Frank Underwood, algo que no argumento sempre arrojado da série, não seria propriamente difícil. A outra passa por continuar House of Cards sob diferentes ângulos, partindo da 5ª temporada para spin-offs. 

Para o actor, que vê um dos momentos de consagração da sua carreira ruir quase por completo, os tempos não se avizinham fáceis. Depois do comunicado oficial dúbio e polémico, surgiram mais testemunhos acusatórios de fora do universo da série e que revelam a complacência do seus empregadores para com este tipo de comportamento.

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.