Morreu o Zé Pedro dos Xutos

Músico tinha 61 anos e foi vítima de doença prolongada.

Os Xutos & Pontapés marcaram uma era no rock português e marcaram também gerações. Formados em 1978, o grupo foi desde então liderado por Zé Pedro. O mesmo Zé Pedro que faleceu esta quinta-feira, em casa, vítima de doença prolongada. Tinha 61 anos.

Foi uma das figuras mais icónicas do rock português e por quem o público sempre demonstrou um carinho muito especial. Fundou os Xutos & Pontapés, onde tocava guitarra, e teve a oportunidade de compor alguns temas clássicos do rock nacional como “Submissão” e “Não Sou O Único”.

Em 2011 fez ainda parte do super-grupo Ladrões do Tempo, formação composta por Tó Trips (Dead Combo), Pedro Gonçalves (Dead Combo), Samuel Palitos (ex-Censurados) e Paulo Franco (Os Dias De Raiva e Dapunksportif) em actividade até 2015.

Pelos Xutos & Pontapés deu o seu último concerto ainda no princípio deste mês de Novembro, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, levando o projecto que fundou até ao fim da sua vida.

Zé Pedro tinha um historial clínico complicado e do conhecimento do público. Em 2001, descobriu que tinha Hepatite C e, em 2011, teve de se sujeitar a um transplante de fígado que o obrigou a uma pausa na carreira.

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.