Esta app é um refúgio sempre à mão nos momentos de stress

Desta vez falamos-te da Oak, uma aplicação que nos cativou pela sua simplicidade e descomplicação.

Oak - @ Kevin Rose

Sim, mais uma app de meditação. Sim, é quase igual às outras. A melhor parte é que tem menos funções e complicações. Tem razão quem argumentar que esta é provavelmente a terceira aplicação de meditação de que falamos por aqui. Isso deve-se sobretudo à dificuldade de nos decidirmos num campo que tão bem nos pode fazer. Nunca é demais insistir, nem sugerir.

Desta vez falamos-te da Oak, uma aplicação que nos cativou pela sua simplicidade e descomplicação. A Oak nasceu como um projecto para utilização pessoal de Kevin Rose, o conhecido empreendedor que entre outros projectos esteve na criação do Digg, e agora está disponível para todos os utilizadores de iPhone.

É na sua simplicidade, que resulta de ter sido criada para uma necessidade real, que tem o principal trunfo. Na Oak não temos de escolher o fundo que mais nos agrada nem precisamos de alterar a música; não precisamos de decidir se queremos crescer emocionalmente ou parar de pensar, a lógica é ainda mais simples do que isso.

Com três opções apenas: Meditar, Respirar e Conhecimento, esta app é um refúgio sempre à mão nos momentos de stress para nos lembrar da tranquilidade natural em que devíamos viver.

Na opção de meditar não há mais que um par de opções, sendo que apenas se pode personalizar a duração. O foco é o exercício e o tempo que lhe dedicas pelo que todos os elementos distractores ficam de fora desta app.

A opção respirar quer-se como handy tool e é outro dos ex libris desta aplicação. A Oak apresenta-nos três exercícios de respiração e a descrição da respectiva ocasião. Desde o Deep Calm para relaxar ao Awake para acordar, passando pelo Box, um exercício de respiração muito conhecido para aumentar a concentração.

O separador Wisdom é o mais aleatório dos 3 e quase que se podia chamar curiosidades. Para já não está muito completo, conta apenas com uma mão cheia de pequenos trechos de áudio que reforçam a importância da meditação ou pequenas especificidades da nossa mente.

O objectivo da Oak não é ser a tua app de meditação para sempre, nem acompanhar-te na longa jornada espiritual, antes pelo contrário. O objectivo de Kevin Rose é despertar no público e bichinho e ajudá-los a dar os primeiros passos da sua longa jornada pessoal. Afinal de contas e como diz no seu site “Os monges não usam apps de meditação”.

De qualquer modo, se quiseres perceber os teus progressos podes sempre consultar as tuas estatísticas, simples e de acesso gratuito. Para que esses progressos não escasseiem tens também a opção de criar alertas diários para te lembrar das boas práticas.