Razer Phone: um monstruoso smartphone para jogadores

Tem um ecrã de 120 frames por segundo, uma das maiores baterias do mercado e uns inéditos 8 GB de memória RAM.

Razer

A empresa que conhecemos por fazer portáteis e outros periféricos para os aficcionados dos videojogos lançou um smartphone Android. O Razer Phone foi revelado esta quarta-feira e é o resultado da aquisição da pequena e jovem fabricante Nextbit pela Razer, concretizada no início deste ano.

Por ser um telemóvel pensado para jogadores, destaca-se pelas suas especificações técnicas, mais que pelo aspecto exterior:

  • um ecrã de 5,2 polegadas com resolução 4K e actualização a 120 frames por segundo. Isto quer dizer que as imagens que vemos no ecrã vão actualizar super rápido, permitindo scrolls e animações/movimentos em jogos suaves. O ecrã do iPad Pro também é alimentado a 120 frames por segundo, mas esta é a primeira vez que temos esta tecnologia num smartphone;
  • o processador é o rápido Qualcomm Snapdragon 835, que encontramos em topos-de-gama como o Galaxy S8 e o Pixel 2;
  • a bateria tem 4000 mAh, sendo uma das maiores nos telemóveis que podemos encontrar no mercado. Suporta carregamento rápido;
  • tem 8 GB de memória RAM (os melhores smartphones oferecem hoje em dia entre 4 e 6 de RAM);
  • 64 GB de armazenamento interno com possibilidade de alargar esta capacidade com cartão microSD;
  • a câmara traseira é dupla e tem 12 megapixels em cada lente (uma de grande ângulo e outra de telefoto). Tem zoom óptico;
  • na frente a câmara é de 8 megapixels;
  • sensor de impressões digitais no botão de ligar/desligar;
  • suporte para NFC, Bluetooth 4.2 e Wi-Fi 802.11a/b/g/n/AC;
  • tem altifalantes stereo na frente e amplificadores duplos para uma boa experiência sonora;
  • corre Android Nougat 7.1.1 mas vai receber o novíssimo Android Oreo (8.0) no primeiro trimestre de 2018. O launcher pré-instalado é o Nova Launcher Prime, integrado com o assistente pessoal Google Assistant. O telemóvel vem com algumas apps da Razer, como o Razer Game Booster, que ajuda os utilizadores a optimizar o telemóvel para uma melhor experiência de jogo.

A Razer fez um conjunto de parcerias com algumas produtoras de jogos para optimizar as respectivas experiências. Arena Of Valor, Final Fantasy XV, Gear Club, Lineage 2: Revolution, Old School RuneScape, RuneScape, Shadowgun Legends, Tekken, Titanfall: Assault e World of Tanks Blitz vão ser os primeiros títulos a tirar partido do ecrã de 120 frames por segundo.

O Razer Phone vai estar disponível nos Estados Unidos e Canadá. No mercado europeu, será comercializado em apenas 6 países – Reino Unido, Irlanda, Dinamarca, Suécia, França e Alemanha – por 750 euros.