VICELAND chega a Portugal… através do canal Odisseia

As reportagens e documentários da VICE passarão todos os dias da semana, a partir das 22h30, com reposições ao fim-de-semana.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

A VICELAND, a programação de reportagens e documentários da VICE, chegou a Portugal através do canal Odisseia, em resultado de um acordo entre a AMC Networks International Iberia, a maior produtora de canais temáticos na Península Ibérica, e a Vice Media. Os conteúdos da VICE irão para o ar todos os dias da semana, a partir das 22h30, com reposições ao fim-de-semana.

A partir de 13 de Novembro, a programação da VICELAND no Odisseia contará com séries como F*ck That’s Delicious, protagonizada pelo rapper Action Bronson, Gaycation, apresentada por Ellen Page e Ian Daniel, Weediquette, com as viagens de Krishna Andavolu pelo mundo da erva, Black Market, com Michael K. Williams, ou VICE World of Sports.

A VICELAND foi lançada nos Estados Unidos em Fevereiro de 2016. “Queríamos que a VICELAND não fosse apenas um canal com uma colecção aleatória de programas. Queríamos sentir que tudo o que lá está tem uma razão para existir e um ponto de vista forte”, dizia na altura Spike Jonze, o realizador que é também director criativo do canal. “A nossa missão com o canal, não é muito diferente da nossa missão enquanto empresa de comunicação social: somos nós a tentar perceber o Mundo em que vivemos, produzindo peças sobre coisas sobre as quais temos curiosidade, ou que nos deixam confusos, ou que achamos que têm piada.”

Em comunicado, a VICE destaca a “produção própria e já multi-premiada” do seu canal de televisão da VICE como “uma lufada de ar fresco no panorama no jornalismo documental a nível global, abrangendo diversos temas como cultura, crime, música, viagens, desporto, gastronomia ou tecnologia”. Já James Rosenstock, responsável pela internacionalização da VICELAND, refere que o acordo com o canal Odisseia é o “começo daquela que acreditamos será uma parceria que se alargará ainda mais, à medida que trazemos para a Península Ibérica a programação premiada VICELAND em todos os ecrãs”.

O canal Odisseia está disponível nas grelhas de todos os operadores de comunicações nacionais: NOS (posição 109), MEO/Altice (124), NOWO (23) e Vodafone (136).

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!