A “voz da Natureza” alerta para uma iminente extinção em massa

Attenborough, narrador de Planet Earth, alerta que podemos estar a testemunhar a sexta extinção em massa no Planeta Terra.

Flickr/ Johann Edwin Heupel
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Em Portugal, temos o Eduardo Rego. A nível mundial, temos David Attenborough. Duas vozes inconfundíveis e que nos habituámos ao longo dos anos a ouvir atentamente descrever as pequenas maravilhas da natureza.

David Attenborough, narrador da série documental Planet Earth, decidiu agora usar os proveitos da sua voz – não literalmente –, para nos avisar a todos que podemos estar a testemunhar a sexta extinção em massa no Planeta Terra.

Foi numa entrevista recente que o conceituado narrador comparou o momento que vivemos, especialmente potenciado pelas alterações climáticas, questionando sobre quando o homem se interessará por resolver o problema.

Attenborough não está sozinho no seu aviso, embora a escolha de palavras possa ser, de certa forma, estrategica e ligeiramente exagerada. A ideia de que o Homem está a causar danos irreversíveis no Planeta Terra e nas outras espécies que nele habitam é praticamente unânime e nos últimos anos o consenso em torno do uso da expressão “extinção em massa” começa a ganhar um perigoso sustento.

O soundbyte mediático de David Attenborough pode ser facilmente complementado com outros estudos, que nos dão indicações no mesmo sentido. O aumento populacional, a poluição incremental e a falta de um plano político global baseado na ideia de sustentabilidade são factores determinantes nesta equação destrutiva.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!