A “voz da Natureza” alerta para uma iminente extinção em massa

Attenborough, narrador de Planet Earth, alerta que podemos estar a testemunhar a sexta extinção em massa no Planeta Terra.

Flickr/ Johann Edwin Heupel
 

Em Portugal, temos o Eduardo Rego. A nível mundial, temos David Attenborough. Duas vozes inconfundíveis e que nos habituámos ao longo dos anos a ouvir atentamente descrever as pequenas maravilhas da natureza.

David Attenborough, narrador da série documental Planet Earth, decidiu agora usar os proveitos da sua voz – não literalmente –, para nos avisar a todos que podemos estar a testemunhar a sexta extinção em massa no Planeta Terra.

Foi numa entrevista recente que o conceituado narrador comparou o momento que vivemos, especialmente potenciado pelas alterações climáticas, questionando sobre quando o homem se interessará por resolver o problema.

Attenborough não está sozinho no seu aviso, embora a escolha de palavras possa ser, de certa forma, estrategica e ligeiramente exagerada. A ideia de que o Homem está a causar danos irreversíveis no Planeta Terra e nas outras espécies que nele habitam é praticamente unânime e nos últimos anos o consenso em torno do uso da expressão “extinção em massa” começa a ganhar um perigoso sustento.

O soundbyte mediático de David Attenborough pode ser facilmente complementado com outros estudos, que nos dão indicações no mesmo sentido. O aumento populacional, a poluição incremental e a falta de um plano político global baseado na ideia de sustentabilidade são factores determinantes nesta equação destrutiva.

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.