Instagram testa nova app em Portugal

Disponível para iOS e Android, o Direct agrega as mensagens trocadas através do Instagram.

Em 2014, o Facebook separou o Messenger da rede social, obrigando os utilizadores a instalar uma nova app para acederem às mensagens e chats que outrora podiam trocar através da aplicação do Facebook. Hoje, o Messenger é um serviço independente do Facebook mas integrado na rede social. Agora, o Instagram está a testar a mesma ideia.

O Direct é uma nova aplicação para iOS e Android que agrega as mensagens trocadas através do Instagram e permite partilhar fotos/vídeos efêmeros com os amigos. Uma vez instalada, as mensagens do Instagram passam a poder ser acedidas exclusivamente através do Direct, sendo que o botão do Direct na aplicação principal passa a funcionar como atalho.

A nova aplicação do Direct está a ser testada em Portugal e mais 5 países (Chile, Israel, Itália, Turquia e Uruguai), podendo ser descarregada através da App Store ou da Play Store. Tal como o Snapchat, o Direct abre com a câmara, convidando os utilizadores a fazer fotos ou vídeos para enviar aos amigos, utilizando os mesmos filtros e ferramentas criativas disponíveis nas Instagram Stories. Também é possível conversar no chat através de mensagens de texto e criar conversas de grupo. A lista de todas as conversas aparece no lado direito, à distância de um swipe.

“O Direct cresceu dentro do Instagram ao longo dos últimos quatro anos, mas podemos torná-lo ainda melhor se o isolarmos. Podemos expandir os limites para criar um espaço mais rápido e criativo para partilhar em privado ao tornar o Direct uma app independente com a câmara no centro”, disse Hemal Shah, uma responsável do Instagram, ao The Verge.

Em Abril, as mensagens do Instagram tinham 375 milhões de utilizadores mensalmente activos, um número impulsionado pelo lançamento das Stories. É que o Direct passou a ser o local onde se geram conversas em torno das Stories partilhadas por amigos e conhecidos.

O futuro do Direct depende agora deste teste. Se correr bem, é provável que o Instagram lance a nova aplicação globalmente, podendo mesmo torná-la obrigatória como o Messenger.