Prodígio, o filho do Rei conquistou a Lua para ganhar um lugar ao Sol

A força e atitude do rapper Prodígio continuam mesmo a ser supremas.

Prodígio Lua
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Prodígio não é só o melhor rapper angolano da atualidade, é um poço de motivação e bravura sem fundo. Capaz de exonerar qualquer um que não esteja à altura do desafio proposto, o rapper da Linha de Sintra voltou ainda com mais alergia aos falsos. A força, essa, continua a ser suprema, e o seu mais recente projecto é a prova viva de que dizê-lo não é exagero…

Num ano em que Prodígio foi alvo e motivo de diversas barras, algumas mais diretas que outras, o rapper da Linha de Sinta colocou novamente o dedo no gatilho verbal, mesmo a fechar o ano. Lua é o nome do mais recente projecto de Prodígio e, apesar de ser considerada uma mixtape, Lua mete muitos álbuns de 2017 no bolso, quer pela coerência entre temas quer pela mensagem apresentada ao longo da mixtape. Em 2000 Gabriel O Pensador também precisou ir até ao mundo da Lua, procurar uma visão mais ampla da realidade terrena, Prodígio seguiu a mesma lição que o rapper brasileiro, e em 2017, também procurou as respostas na lua, será que conversou com o mesmo astronauta?

Lua é a melhor resposta possível a todas as tentativas de ataque à Força Suprema. Num ano marcado por uma série de bifes que invadiram o Rap da lusofonia, a existir alguém a sair por cima deste clima selvagem é sem dúvida o rapper Prodígio. As respostas que ainda podiam faltar estão nesta mixtape, e não é preciso ser muito explicito nem descer baixo porque, como diz o ditado, para bom entendedor, meia palavra basta.

Depois de cinco singles divulgados durante o mês de dezembro, “Exagera”, “Força Suprema”, “Gaguejei”, “Brilho” e “Suficiente”, o rapper da Linha de Sintra apresentou o novo trabalho, a Lua, no dia do seu 29º aniversário, no passado dia 28 de dezembro. A Lua conta com produções de Valdo Prods, Jazzafari, DMinor, Dj Caique e Ghetto Ace.

Em declarações à Bantumen, o rapper acrescentou ainda que o título do trabalho tem um múltiplos sentidos. Em primeiro lugar o título da mixtape espelha o seu respeito à noite. Em segundo lugar, surge porque a Lua sempre foi o seu refúgio, enquanto crescia na Europa, com saudades da família que estava em Angola. Por último, desde há oito anos até agora, noite após noite, Prodígio sonha que tem uma filha chamada Lua.

Todos as faixas deste projecto tiveram direito a videoclipe, com a realização da BlackRose, habitual filmmaker da Força Suprema.

A Lua Prodígio

Podes ouvir a Lua no Youtube e fazer download gratuito aqui.

Prodígio: Lua (Tracklist)

  1. Intro
  2. Força Suprema
  3. Exagera
  4. Nada Feat. Filho Do Zua
  5. Suficiente Feat. Matias Damasio
  6. Gaguejei Feat. Deezy, Berg & Josslyn
  7. Depois Disso
  8. Sou Eu
  9. Lua Feat. Srta Paol
  10. Brilho
O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!