Braga agora tem uma app para ajudar os de fora a sentirem-se em casa

O BragaINTEGRA mostra onde estão os serviços públicos e ajuda-te a integrar na tua nova cidade.

Captura de ecrã da aplicação BragaINTEGRA

Chegar a uma nova cidade é encontrar uma série de desafios e entraves ao início. Onde ficam os serviços públicos? Que escolas e jardins de infância existem? Onde são os espaços de lazer? Para ajudar os de fora a sentirem-se em casa, o município de Braga lançou o BragaINTEGRA (ou BragaINCOMING), uma app para telemóveis iOS e Android que ajuda cidadãos de outras localidades de Portugal ou de fora do país a integrarem-se no seu novo concelho.

O BragaINTEGRA foi desenvolvido pela empresa bracarense BSB – Smart & Bright Ideas, especializada em soluções web e mobile, para a Câmara Municipal de Braga. A app pretende ajudar o utilizador a saber quais os primeiros passos que tem de dar quando chega a Braga. “A que serviços públicos devo ir?”, “onde ficam?” e “de que documentos preciso?” são algumas das questões que podem ser respondidas através desta app, para que saibas o que tens de fazer e evitar problemas, de natureza burocrática ou legal.

“Esta é uma ferramenta extraordinária para quem vem para Braga em busca de melhores condições de vida e realizar os seus sonhos. Trata-se de um projecto inovador, único no contexto nacional, e um instrumento de comunicação que facilita a vida de quem procura respostas e não sabe como as obter e onde se dirigir”, referiu Firmino Marques, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga, durante a apresentação do projecto que decorreu na semana passada.

O BragaINTEGRA está disponível não só em português, mas também em inglês, francês, espanhol e ucraniano. Uma vez feito o registo na app, o utilizador é direccionado para uma secção intitulada “A Fazer”, onde encontra, além de uma mensagem do Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, uma lista dos serviços (públicos e privados) disponíveis na sua nova freguesia de residência. Estão listadas lojas/espaços do cidadão, balcões da Segurança Social e departamentos das Finanças, mas também escolas, jardins de infância, tribunais, igrejas e capelas, hospitais e centros de saúde, pontos de recolha de roupa, ecopontos e património histórico.

Além de promover a plena integração dos migrantes na comunidade portuguesa, o diálogo intercultural e potenciar a diversidade cultural, o BragaINTEGRA funciona como uma espécie de cartão-de-visita do concelho. “Estamos a falar de uma experiência de atendimento personalizada, que está em constante atualização e diretamente ligada aos serviços municipais. Esta aplicação permite o atendimento, acompanhamento e integração dos imigrantes, podendo ser utilizada pelos turistas, uma vez que contém diversas informações que ajudam a conhecer a cidade e a sua dinâmica”, concluiu Firmino Marques.

O BragaINTEGRA mostra ainda detalhes sobre os transportes públicos do município, notícias locais e eventos que vão acontecer na região. Explica quais são os pratos e doces típicos bracarenses, e apresenta uma lista dos pontos wi-fi gratuitos disponíveis na cidade. A aplicação pode ser descarregada para iOS e Android.