Porque há uma clave de Sol nesta linha de comboio em Lisboa?

O artista Bordalo II fez esta peça em 2014. Ainda pode ser vista através do Google Maps.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

A obra artística não é nova, mas suscitou a curiosidade do Reddit durante este fim-de-semana. Navegando pelo Google Maps, um utilizador terá deparado-se com uma clave de Sol desenhada numa linha de comboio em Lisboa, junto à estação Roma-Areeiro. A autoria da peça é do artista urbano Bordalo II, que recentemente promoveu na capital a sua primeira grande exposição.

No seu trabalho, Bordalo II, nome artístico de Artur Bordalo, recicla as estruturas urbanas em seu redor e integra objectos descartados nas suas composições artísticas. Foi o que fez, em 2014, quando decidiu utilizar algumas linhas de comboio portuguesas como tela, criando um conjunto de desenhos que utilizam cores vivas e contrastantes com o cinzento da ferrovia.

Esta clave de Sol, acompanhada por algumas notas musicais, pode ser observada na vista de satélite do Google Maps (para vê-la, terás de desactivar a opção de vista 3D nas opções do serviço). O trabalho, juntamente com outros semelhantes, foi destacado em sites internacionais como Bored Panda e o Colossal, e está disponível também na página de Facebook de Bordalo II. Deixamos-te alguns desses desenhos:

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!