Ethereum bate recorde ao chegar aos mil dólares pela primeira vez

O mundo das criptomoedas é cada vez menos sobre a Bitcoin e cada vez mais sobre outras criptomoedas.

O mundo das criptomoedas é cada vez menos centrado na Bitcoin e cada vez mais sobre outras criptomoedas. O Ethereum é uma moeda digital mais aberta que a Bitcoin e, por isso, mais interessante para muitas programadores, start-ups e meros entusiastas, e bateu um importante marco esta semana.

Os tokens de Ethereum (ether) passaram os 1000 dólares em múltiplas transacções pela primeira vez. É um novo pico para a criptomoeda que, durante 2017, assegurou o segundo lugar na tabela de moedas com maior capitalização de mercado, logo a seguir à Bitcoin e que recentemente foi ultrapassada pela Ripple (de quem falaremos mais à frente). O valor total do Ethereum no mercado é actualmente de 100 mil milhões de dólares. Contudo, o Ethereum representa apenas 13% de todas as criptomoedas.

Um ether valia entre 700 e 800 dólares no final de Dezembro, mas nos últimos sete dias os ether têm tido uma valorização até 40%, de acordo com o CoinDesk. Apesar desta aparente popularidade, o Ripple mantém-se como a segunda moeda com maior capitalização de mercado – esta moeda conseguiu subir mais de 1300% nos últimos 30 dias.

Já a Bitcoin representa agora apenas 32,5% do valor de todas as criptomoedas em circulação.

Bem-vindo ao admirável mundo novo das criptomoedas