Globos de Ouro 2018: os vencedores e o discurso mais marcante da noite

'The Handmaid’s Tale', T'he Marvelous Mrs. Maisel', 'Three Billboards Outside Ebbing, Missouri' e 'Lady Bird' foram os filmes e séries distinguidos.

Prêmios Globo de Ouro
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Uma das principais notícias da cerimónia dos Globos de Ouro deste ano precedeu a própria gala. Há meses que se fala dos casos de assédio sexual em Hollywood e há dias que se sabia que, nesta edição dos Prémios Globo de Ouro de 2018, a passadeira-vermelha passaria a negra.

Embaladas pelo movimento Time’s Uppraticamente todas as celebridades presentes participaram no luto pelos direitos das mulheres e no protesto contra as recentes denúncias de assédio e abuso sexual envolvendo produtores e actores. Dos homens às mulheres, só houve mesmo 3 excepções à regra. Trata-se aliás da primeira cerimónia da indústria cinematográfica desde que estalou a polémica, por isso, além de visível nas escolhas do outfit, o tema esteve no centro de todas as entrevistas, intervenções e discursos de aceitação de prémios.

Especial destaque para Oprah Winfrey, distinguida com o Globo de Ouro Cecil B. DeMille, uma espécie de prémio carreira, e que, como provam as redes sociais, muitos esperam ver a concorrer à Casa Branca em 2020, depois do discurso da noite passada. Aquela que é uma das mulheres mais influentes do mundo, pôs de pé o auditório, com uma intervenção contra “os homens poderosos e brutais” que dominaram o mundo, afirmando que “o seu tempo chegou ao fim”.
Foi com um grande aplauso que foram recebidas as palavras da apresentadora de televisão e actriz norte-americana, por ser “um exemplo a seguir para mulheres e jovens”, segundo a Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood.

A também produtora e empresária começou por recordar quando, ainda criança, assistiu pela televisão a cerimónia dos Óscares que Sidney Poitier venceu o Óscar de melhor actor, o mesmo Sidney Poitier que viria a ser distinguido também com o Cecil B. DeMille nos Globos de Ouro de 1982.
“Tenho para mim que, neste momento, haverá alguma menina a ver-me transformar na primeira mulher negra a receber este mesmo prémio”, afirmou Oprah Winfrey, que dedicou o galardão a essas crianças e mulheres que levantaram a sua voz contra abusos e injustiças.

“É uma honra – uma honra e um privilégio partilhar esta noite com todos vocês e também com os incríveis homens e mulheres que me inspiram, que me desafiam, que me sustêm, e fizeram com que a minha jornada até este ponto fosse possível”.

“Dizer a verdade é a ferramenta mais poderosa que todos temos”, disse a apresentadora, declarando-se especialmente “inspirada e orgulhosa” pelas mulheres que se sentiram com capacidade para falar e partilhar as suas experiências pessoais. “Não é uma história que afecta apenas a indústria do entretenimento. É algo que transcende a cultura, geografia, raça, religião, política ou local de trabalho. Por isso, esta noite, quero expressar a minha gratidão a todas as mulheres que aguentaram anos de abusos e maus tratos porque, tal como a minha mãe, tinham filhos para alimentar, contas para pagar e sonhos para realizar”.

“Durante demasiado tempo, as mulheres não foram ouvidas e eram desacreditadas se ousassem falar a sua verdade contra o poder desses homens, mas o tempo deles acabou”, sublinhou. “Time’s Up” (“Acabou-se o tempo”), repetiu Winfrey, usando o lema que designa o recém-criado fundo lançado por mais de 300 mulheres poderosas de Hollywood destinado a ajudar mulheres menos privilegiadas a defenderem-se de possíveis abusos sexuais no local de trabalho, referido acima.

A actualidade acabou por roubar os holofotes ao verdadeiro objectivo da noite passada – ou não fosse Hollywood perito em side stories. O actor e comediante Seth Meyers foi o anfitrião de uma noite que trouxe algumas surpresas. “É 2018 – A marijuana finalmente é legal e o assédio sexual finalmente é censurado” 

O filme Three Billboards Outside Ebbing, Missouri foi o grande vencedor ao conquistar quatro galardões, roubando o brilho a The Shape of Water, que se apresentava como o favorito para os prémios de cinema e televisão.

Three Billboards Outside Ebbing, Missouri, de Martin McDonagh, impôs-se em quatro das seis categorias para os quais estava nomeado: melhor drama, melhor actriz (Frances McDormand), melhor actor secundário (Sam Rockwell) e melhor argumento (Martin McDonagh).

The Shape of Water, que somava sete nomeações para os Prémios Globo de Ouro, não foi, no entanto, além de dois prémios: o de melhor realizador (Guillermo del Toro) e o de melhor banda sonora (Alexandre Desplat).

Já o britânico Gary Oldman confirmou os prognósticos, conquistando o prémio de melhor actor de drama pelo papel em Darkest Hour, enquanto James Franco foi distinguido como o melhor actor de comédia por The Disaster Artist.

Saoirse Ronan triunfou como melhor actriz de comédia por Lady Bird, filme realizado por Greta Gerwig que também venceu o prémio de melhor comédia/musical, ao passo que Allison Janney foi distinguida como melhor actriz secundária pela sua interpretação em I, Tonya.

Os Globos de Ouro, prémios do cinema e da televisão atribuídos pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, são vistos habitualmente como uma antecâmara dos Óscares, cujas nomeações vão ser anunciadas no próximo dia 23, estando a cerimónia de entrega marcada para dia 4 de Março.

Segue-se a lista dos vencedores da 75.ª edição dos Globos de Ouro, entregues na noite de domingo no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles:

Prémios Globo de Ouro de 2018

Cinema

Filme (Drama)

Dunkirk
Call Me by Your Name
The Post
The Shape of Water
Three Billboards Outside Ebbing, Missouri

Filme (Comédia/ Musical)

The Disaster Artist
Get Out
The Greatest Showman
I, Tonya
Lady Bird

Melhor Filme de Língua Estrangeira

The Square
Fantastic Women
First They Killed My Father 
In the Fade
Loveless

Actor (Drama)

Daniel Day-Lewis, Phantom Thread
Timothée Chalamet, Call Me by Your Name
Tom Hanks, The Post
Gary Oldman, Darkest Hour
Denzel Washington, Roman J. Israel, Esq.

Actriz (Drama)

Jessica Chastain, Molly’s Game
Sally Hawkins, The Shape of Water
Frances McDormand, Three Billboards Outside Ebbing, Missouri
Meryl Streep, The Post
Michelle Williams, All the Money in the World

Actriz (Comédia/ Musical)

Saoirse Ronan, Lady Bird 
Judi Dench, Victoria & Abdul
Margot Robbie, I, Tonya
Emma Stone, Battle of the Sexes
Helen Mirren, The Leisure Seeker

Actor (Comédia/ Musical)

Ansel Elgort, Baby Driver
Steve Carell, Battle of the Sexes
James Franco, The Disaster Artist 
Hugh Jackman, The Greatest Showman
Daniel Kaluuya, Get Out

Realizador

Guillermo del Toro, The Shape of Water
Martin McDonagh, Three Billboards Outside Ebbing, Missouri
Christopher Nolan, Dunkirk
Ridley Scott, All The Money in the World
Steven Spielberg, The Post

Actriz Secundária

Octavia Spencer, The Shape of Water
Mary J. Blige, Mudbound 
Hong Chau, Downsizing
Allison Janney, I, Tonya 
Laurie Metcalf, Lady Bird

Actor Secundário

Christopher Plummer, All the Money in the World
Willem Dafoe, The Florida Project
Armie Hammer, Call Me by Your Name
Richard Jenkins, The Shape of Water
Sam Rockwell, Three Billboards Outside Ebbing, Missouri

Argumento

The Shape of Water
Lady Bird
The Post
Three Billboards Outside Ebbing, Missouri
Molly’s Game

Animação

The Boss Baby
The Breadwinner
Coco 
Ferdinand
Loving Vincent  

Banda-Sonora

Three Billboards Outside Ebbing, Missouri
The Shape of Water
Phantom Thread
The Post
Dunkirk 

Canção Original

Ferdinand
Mudbound
Coco
The Star
The Greatest Showman

TV

Melhor Série – Comédia ou Músical

Black-ish 
The Marvelous Mrs. Maisel
Master of None 
SMILF
Will & Grace

Melhor Série – Drama

The Crown
Game of Thrones
The Handmaid’s Tale
Stranger Things
This Is Us 

Actor (Drama)

Bob Odenkirk, Better Call Saul
Jason Bateman, Ozark 
Sterling K. Brown, This is Us
Freddie Highmore, The Good Doctor
Liev Schreiber, Ray Donovan

Actor (Comédia/ Musical)

Aziz Ansari, Master of None
Anthony Anderson, Black-ish
Kevin Bacon, I Love Dick
William H. Macy, Shameless
Eric McCormack, Will and Grace

Actriz (Drama)

Claire Foy, The Crown
Caitriona Balfe, Outlander
Maggie Gyllenhaal, The Deuce
Katherine Langford, 13 Reasons Why
Elisabeth Moss, The Handmaid’s Tale

Actriz (Comédia/ Musical)

Pamela Adlon, Better Things 
Alison Brie, Glow
Issa Rae, Insecure
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel
Frankie Shaw, SMILF

Melhor Minissérie ou Telefilme 

Big Little Lies 
Fargo
Feud: Bette and Joan
The Sinner
Top of the Lake: China Girl

Melhor Actor (Série, Minissérie ou Telefilme) 

Robert De Niro, The Wizard of Lies
Jude Law, The Young Pope 
Kyle MacLachlan, Twin Peaks
Ewan McGregor, Fargo
Geoffrey Rush, Genius

Melhor Actor Secundário (Série, Minissérie ou Telefilme) 

Alfred Molina, Feud
Alexander Skarsgard, Big Little Lies
David Thewlis, Fargo
David Harbour, Stranger Things
Christian Slater, Mr. Robot

Melhor Actriz (Série, Minissérie ou Telefilme)

Reese Witherspoon, Big Little Lies
Jessica Biel, The Sinner 
Nicole Kidman, Big Little Lies
Jessica Lange, Feud: Bette and Joan
Susan Sarandon, Feud: Bette and Joan

Melhor Actriz Secundária (Série, Minissérie ou Telefilme) 

Shailene Woodley, Big Little Lies
Laura Dern, Big Little Lies 
Ann Dowd, The Handmaid’s Tale
Chrissy Metz, This is Us
Michelle Pfeiffer, The Wizard of Lies

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!