De um dia para o outro, nasceu o maior grupo de imprensa em Portugal

A Trust In News tornou-se dona de 12 revistas do grupo Impresa por 10,2 milhões de euros. SIC e Expresso são os trunfos que ficam na família Balsemão.

Trust In News revistas Impresa

Visão, Visão História, Visão Júnior, Caras, Caras Decoração, Activa, Courrier Internacional, Exame, Exame Informática, Jornal de Letras, TeleNovelas, TV Mais. Estas 12 publicações do grupo Impresa têm agora nova casa: foram vendidas à Trust In News por 10,2 milhões de euros. No que toca a papel, a Impresa fica apenas com o Expresso e a Blitz.

A Trust In News tem a propriedade dos 12 títulos desde 1 de Janeiro, mas nos “próximos meses”, estas publicações vão continuar “a funcionar no edifício da Impresa em Paço de Arcos” como forma de “facilitar a mudança”, garante o grupo Impresa em comunicado. Os 180 funcionários afectos às 12 publicações, “incluindo jornalistas, gráficos e comerciais”, foram transferidos de grupo. Mafalda Anjos, até aqui directora da revista Visão, assumirá agora as função de gestão das revistas compradas pela Trust In News, empresa detida por Luís Delgado.

O novo dono da Visão

Luís Delgado é um antigo e discreto protagonista no mercado de comunicação social em Portugal. Foi presidente executivo da Lusomundo Media, fundou o Diário Digital e lançou a revista Time Out em Portugal, que originou o projecto editorial e gastronómico no Mercado da Ribeira. Em 2015, vendeu a Time Out e o Mercado da Ribeira ao fundo Oakley Capital Investments, proprietário do Time Out Group, numa operação negocial sem valor revelado.

Luís Delgado à esquerda, Francisco Pedro Balsemão à direita.

Para Francisco Pedro Balsemão, presidente executivo da Imprensa, esta transição dos títulos da Impresa para a Trust In News representa um “novo ciclo” para o grupo, “no qual seremos mais ágeis, mais fortes e estaremos mais preparados para o futuro”. A Impresa passa a contar com duas marcas fortes na comunicação – a SIC e o Expresso – e mantém algumas marcas mais especializadas, como a Blitz, o canal de música e que ganhará uma nova vida online neste 2018, e o Smack, destinado à nova geração millennial. Conforme anteriormente anunciado, as redacções da SIC e do Expresso estão a ser fundidas, implicando a saída de pelo menos 40 pessoas, 10 dos quais jornalistas.

Revistas em papel têm futuro, diz Luís Delgado

Para Luís Delgado, “as revistas em papel têm futuro, apesar do crescimento do digital, onde estes títulos também se posicionam e vão continuar a crescer”, disse citado pela agência Lusa, lembrando que os 12 títulos que adquiriu através da Trust In News são “quase todas líderes de mercado” e, sobretudo, “marcas prestigiadas e de referência”.

Tendo a Trust In News assumido o controlo das 12 revistas a 1 de Janeiro, nasceu assim, de um dia para o outro, o novo maior grupo de imprensa em Portugal. No total, os títulos têm uma circulação de 326 mil exemplares, segundo dados da APCT, e um universo de leitores superior a 1,7 milhões, de acordo com números do Bareme Imprensa. A Trust In News ganha ainda um universo de mais de um milhão de seguidores no Facebook.