O serviço de e-mail de Mr. Robot acabou de lançar uma VPN gratuita

Navega na web de forma segura e evita os bloqueios regionais de conteúdos. A ProtonVPN é gratuita e livre de anúncios.

VPN

Depois de ter lançado um serviço de e-mail, que foi destacado na série Mr. Robot como sendo a escolha de Elliot, e de o ter complementado com uma plataforma de contactos encriptada, o ProtonMail apresentou agora uma VPN para Android, com o objectivo de “tornar a privacidade online disponível para todos”, lê-se numa nota enviada às redacções.

A ProtonVPN é uma aplicação gratuita que permite aos utilizadores navegar na web sem serem perseguidos por sistemas de tracking e evitar os bloqueios regionais de conteúdos. Por exemplo, com esta VPN, podes aceder a sites e serviços que em Portugal não estejam disponíveis. A ProtonVPN “aumenta ainda a segurança ao passar todo o tráfego de internet por um “túnel” altamente encriptado, conforme explica o comunicado.

Na prática, o ProtonVPN possui uma arquitetura Secure Core que monitoriza o tráfego através de vários túneis encriptados localizados em vários países “para se defender melhor contra ataques baseados em rede” e também possui integração com a rede anónima Tor.

Ao contrário de outros serviços de Virtual Private Network (VPN), acrescenta a mesma nota, a ProtonVPN inclui uma versão gratuita que funciona sem qualquer limitação ao nível de tráfego (ou seja, podes usá-la à vontade), que não vende os dados dos seus utilizadores, nem instala qualquer tipo de malware nos seus telemóveis. É também livre de publicidade. Disponível globalmente, a ProtonVPN faz dinheiro através dos assinantes pagos e do ProtonMail.

“A ProtonVPN é desenvolvida pela mesma equipa de investigadores que se conheceram no CERN e criaram o ProtonMail, o maior serviço de e-mail encriptado do mundo com milhões de utilizadores globalmente e que se tornou o serviço de e-mail favorito de muitos activistas, jornalistas e indivíduos preocupados com os seus direitos e a sua privacidade online”, lê-se ainda na nota divulgada.

“É importante tornar as ferramentas que protegem a privacidade e a liberdade amplamente acessíveis”, defende Andy Yen, co-fundador do ProtonMail, em comunicado. “Uma encriptação e privacidade fortes são necessidades sociais e económicas. Estas tecnologias não só protegem activistas e dissidentes, são também uma chave para proteger a democracia na era digital. Existem 2 mil milhões de utilizadores de Android em todo o mundo, e ser capaz de fornecer a todos e a cada um deles acesso seguro à internet é um marco importante na nossa missão de tornar a privacidade online novamente uma realidade.”