7 canais de YouTube que te dão liberdade para aprender e pensar

Sugestões que podem preencher o teu YouTube.

 

O YouTube é um mar de conteúdos – disponíveis gratuitamente. Há de tudo: vlogs, análises de telemóveis e de outros equipamentos tecnológicos, transmissões de videojogos, boletins informativos das mais variada espécies, vídeos simplesmente parvos e também conteúdos educativos de excelência. É sobre estes últimos que te falamos agora.

Queremos apresentar-te um conjunto de canais de YouTube que te dão liberdade para aprender e pensar sobre temáticas que podem ajudar a compreender melhor o mundo e a tua pessoa, melhorando, no final do dia, o teu bem-estar e vivência social.

1 – Freedom in Thought

Um jovem canadiano de 23 anos, chamado Justin Deol, decidiu começar um projecto no YouTube intitulado Freedom in Thought. A ideia é “tornar ideias das ciências sociais e humanas mais acessíveis”. Nos vídeos animados que vai partilhando regularmente (e que são acompanhados de pequenas dissertações no seu blogue), pergunta porque é que obedecemos à autoridade, detalha métodos de persuasão, explica como é as pessoas poderosas pensam ou dá dicas de como estudar de forma mais eficiente. Justin é activo também no Instagram e Twitter.

2 – The Nerdwriter

The Nerdwriter – ou, em bom português, o “escritor-cromo” – é um escritor de vídeos, que todas as semanas publica ensaios sobre temas variadíssimos, desde o que são dark partterns, filmes que influenciaram o popular Call Me By Your Name, porque é a Samsung precisa da Apple ou como é que Trump responde a uma pergunta. Há de tudo e o mestre-pensador por detrás de tudo isso é Evan Puschak, um norte-americano de Filadélfia que arrancou o projecto em 2011 e que na plataforma Patreon procura financiamento da comunidade para o mesmo.

3 – 3Blue1Brown

Grant Sanderson adora matemática. Estudou matemática na Universidade de Standford, queria envergar pela área de engenharia de software ou de ciência de dados, e hoje faz vídeos sobre matemática, mostrando que esta não é uma ciência aborrecida. No seu canal de YouTube, 3Blue1Brown, que é acompanhado por um blogue, Graant explica questões matemáticas de uma forma mais apelativa, através de animações e de perspectivas diferentes daquelas a que estarás certamente habituado na escola. Para criar as animações que podes ver nos vídeos, Graant recorre a uma linguagem de programação bem conhecida, o Python.

4 – Kurzgesagt: In a Nutshell

Falam de ciência – desde o que são buracos negros a o que causa a nossa adição a drogas –, mas também de questões que marcam a nossa sociedade – como a crise de refugiados, quais os limites da Humanidade, o que é a Guerra do Iraque e o ISIS, como é que o Facebook rouba milhões de visualizações, etc… Kurzgesagt: In a Nutshell é um canal de YouTube que nasceu pela mão de Philipp Dettmer, em 2013, e que hoje é feito por uma equipa de designers, jornalistas e músicos, a partir de Munique. No Patreon, procuram o apoio da comunidade.

5 – The School of Life

The School of Life é a escola da vida, que te ensina a viver melhor. O seu conteúdo, disponibilizado gratuitamente no YouTube e complementado com outras iniciativas, muitas delas offline, é pensado para fortalecer o teu bem-estar emocional através de discussões psicológicas, filosóficas e culturais que muitas vezes passam pela nossa cabeça sem sabermos. Como é que as relações sociais podem funcionar? Qual é o significado do trabalho? O que está de errado com o capitalismo? Como podemos encontrar a calma? Como não ser aborrecido para os outros? Este canal está cheio de lições… de vida e… para a vida.

6 – Vox

A Vox é de todos estes canais aquele que mais se dissocia de uma pessoa ou de um propósito específico. O seu canal de YouTube serve de complemento ao trabalho jornalístico que é publicado diariamente em vox.com, onde, mais que relatar a actualidade, se procura explicá-la. Essa génese explicativa existe também no YouTube, que decidimos incluir nesta lista por ter uma dinâmica muito própria. São muitos os conteúdos educativos e informativos que encontras no canal da Vox, alguns deles organizados em séries. Uma dessas séries, Vox Borders, analisa as fronteira humanas (e desumanas) do mundo e vai regressar para uma 2ª temporada.

7 – Veritasium

Derek Muller é a cara e o autor de Veritasium, o canal de YouTube que começou em 2011 para falar de ciência, explicar ciência e mostrar ciência. O nome é inventado – aliás, segundo Derek, Veritasium é o “elemento da verdade”. O canal apresenta diferentes experiências e entrevistas relacionadas com ciência, mas este não é o único tópico abordado. Veritasium pode falar de “qualquer coisa” que Derek ache interessante e esse foi o caso, por exemplo, de um vídeo que denuncia um fraude no sistema publicitário do Facebook.

 

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.