Uso recreativo de canábis aprovado no Canadá pelo Senado

O Canadá torna-se assim o primeiro país do G7 a legalizar a marijuana em todo o território.

Cannabis Culture/Flickr
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Por 52 votos contra 29, o senado do Canadá aprovou a legalização do uso recreativo da canábis. A votação ocorreu na noite desta terça-feira (19), um dia após o projecto de lei de autoria do Governo ter sido aprovado pela Câmara dos Comuns.

O projecto segue para o consentimento da governadora-geral do Canadá, Julie Payette, que representa a Coroa Britânica no país. De acordo com a rede de televisão canadiana CBC, o governo local espera tornar a canábis “completamente legal” nas próximas 12 semanas.

Não estranhes se já viste notícias sobre o tema no início do mês. A legalização já tinha sido aprovada no início do mês, mas o projecto seguiu depois para as duas casas do Parlamento canadiano. A Câmara dos Comuns havia rejeitado 13 das 46 emendas propostas pelo Senado anteriormente.

Com a aprovação agora confirmada, o Canadá torna-se o primeiro país do G7 a legalizar a marijuana em todo o território, para fins medicinais e recreativos. A medida foi uma promessa da campanha do primeiro-ministro Justin Trudeau e regula a produção, a comercialização e o consumo.

Canábis para fins medicinais legalizada em Portugal

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!