App apoiada pela UPTEC quer ajudar crianças com dificuldades de fala

Chama-se Happies e consiste numa série de exercícios com as bochechas, lábios e língua que as crianças têm de replicar.

happiness app
 

Chama-se Happies e está disponível para telemóveis/tablets iOS e Android. O objectivo é ajudar crianças dos 2 aos 6 anos com dificuldades de fala a articular melhor determinadas letras ou palavras, através de uma correcta gesticulação das bochechas, lábios e língua.

A app tem 30 animações “super engraçadas”, que incluem diferentes movimentos de bochechas, lábios e língua e que as crianças são convidadas a copiar. A criança pode ser gravada a praticar o exercício através da aplicação, para que os pais possam acompanhar a sua evolução ou para que um terapeuta da fala possa mais tarde analisar.

O Happies permite registar quantas crianças se pretender e os pais e terapeutas que usem a app podem avaliar o desempenho dos mais pequenos em cada um dos exercícios através de um sistema de pontuação por estrelas. “Sentimos necessidade de criar jogos terapêuticos mais lúdicos e interativos, para potenciar o envolvimento da criança na terapia e aumentar o tempo de treino”, explica em comunicado Célia Clemente, terapeuta da fala e uma das fundadoras da Happies, projecto que poderá lançar mais aplicações além da homónima. “Em Portugal as crianças têm em média apenas 45 minutos de terapia por semana. Queremos facilitar e aumentar o tempo de terapia através da utilização de dispositivos móveis.”

O Happies é um projecto apoiado pelo UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e já conta com a parceria da clínica Sinapse e do clube de equitação terapêutica Pony Club do Porto para desenvolvimento e distribuição da app junto de pais e terapeutas. O Happies está disponível na App Store e Play Store por 20 euros, existindo na loja da Google uma versão demo gratuita.

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.