Agosto volta a ser L’Agosto em Guimarães

Um festival de músicas de cá e de lá.

L'Agosto

Vai haver música de cá e música de lá na segunda edição do L’Agosto, o festival que se estreou em Guimarães em 2017. O mote para esta edição será dado no dia 9 de Agosto, pelo cantor e teclista de afrofunk de Cabo Verde, Pedrinho. Seguem-se os Fogo Fogo, conjunto lisboeta de funaná que, depois da passagem pelo NOS Primavera Sound, leva a Guimarães os ritmos quentes e dançantes de África. Para fechar o dia, os PAUS apresentam Madeira, o último disco de originais, editado neste ano de 2018.

A saga continua, a 10 de Agosto, com o post-rock dos regressados Imploding Stars, bracarenses que trazem Riverine ao palco marisqueiro, seguido dos The Parkinsons, que também regressam com o seu punk rock único que mistura Coimbra e Londres, com o novo disco The Shape of Nothing to Come. A encerrar, os italianos Soviet Soviet, um dos grandes nomes internacionais do actual new age e post-punk, apresentam Endless, o último disco de originais, terminando a noite da melhor forma.

O cartaz do L’Agosto, que em 2018 decorre nos jardins do Paço dos Duques, encerra com uma festa electrónica pautada pelas ambiências de Ghost Hunt, pelos ritmos africanos de Diron Animal e pela eletrónica-fusão de Branko, a 11 de Agosto. De 9 a 11 de Agosto, propõe-se, assim, uma viagem musical em torno dos diferentes espectros da música urbana.

Os bilhetes para a segunda edição do L’Agosto vão estar à venda apenas nos dias festival. O passe para os três dias custa 13 euros e o bilhete diário 6 euros.