Piruka fuma ganza em cima do carro da Polícia e PSP responde com ironia

"É claro que uma viatura nossa dá mais 'cenário' a qualquer foto. Compreendemos", comentou o perfil da PSP.

Piruka a fumar uma ganza não é notícia. A PSP utilizar o humor como ferramenta nas redes sociais também não. Piruka a fumar uma ganza em cima do capot do carro da Polícia de Segurança Pública e receber um comentário no Instagram também podia não ser; contudo pode e deve suscitar um momento de reflexão.

DDR, falta de noção ou distracção?

Os gestores de redes sociais têm uma incrível tendência para cair no “engraçado”. Criam interação, dão uma imagem cool e o pessoal ri-se um bocado. É uma espécie de saída de emergência para garantir a interação necessária para alimentar os algoritmos, construir uma presença online, alcançar a desejável imagem de notoriedade e até a “humanização” das marcas.

“É claro que uma viatura nossa dá mais ‘cenário’ a qualquer foto. Compreendemos”, comentou o perfil da PSP.

Em entrevista à revista Sábado, há dois anos, o intendente Hugo Palma, falou sobre a utilização do humor na gestão das redes sociais da PSP — “A nossa comunidade está connosco. O humor é uma arma muito eficaz no que toca a aproximar-nos da comunidade. A filosofia é essa. Estar no Facebook é estar numa comunidade, para que as pessoas que nos seguem sintam que fazemos parte, não somos uma instituição monolítica, que está afastada, que é uma casa que tem pessoas., que tem rostos, colocamos muito o rosto dos nossos agentes. Procuramos humanizar a relação que temos.”

Neste caso o agente destacado para comentar o Instagram preferiu não repudiar a prática do rapper e também pode não ter reparado no cigarrinho para rir, tendo simplesmente procurado a tal interação e a imagem de coolness através de um comentário na conta de Instagram de um dos rappers mais populares da tuga.

Uma nota importante: Fumar erva não é crime em Portugal, embora a própria PSP tenha chegado a afirmar o contrário… nas redes sociais. Através do Facebook, a Polícia afirmava que o consumo era crime, apesar da droga ter sido descriminalizada em Portugal no início do século.

Aqui no Shifter aplaudimos a boa disposição da PSP, sendo nosso desejo que o bom humor do departamento de gestão de redes se alastre por toda a força policial. Para que, quando encontrarem um rapaz ou rapariga a fumar uma em cima do carro da PSP, possam ser igualmente simpáticos, mesmo que irónicos…. mas simpáticos.

Esta tentativa de humanização das forças policiais, procurando uma maior proximidade com a população é uma (boa) trend mas que só conjugada com a mesma postura na “vida real” pode concretizar realmente o objectivo que indicia.

Ainda na vibe da boa onda policial, recentemente, o departamento de Polícia de Norfolk, nos Estados Unidos, destacou-se numa autêntica battle de dança e playback. Um exemplo de contraste com as notícias de violência e brutalidade policial, bem presentes no quotidiano americano.