Stabilo sublinha o papel de mulheres de que provavelmente nunca tinhas ouvido falar

Uma campanha singular da clássica marca de marcadores de feltro.

Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Se há uma lição que temos de tirar sobre os registos dos grandes acontecimentos históricos é que o mais importante raramente é o mais evidente. A mise en scene e o enquadramento a que as fotografias de grandes eventos obrigam relegam, para papéis secundários ou para o preenchimento de fundo pequenos, grandes heróis que merecem ser sublinhados. E é isso que faz a nova campanha da Stabilo aos clássicos marcadores de feltro, destacando no meio de multidões que ficaram para a história, mulheres que tenham tido um papel singular.

É que a ideia da marca nasceu não só da tradição que se criou com a ponta das suas canetas – sublinhar em preenchimento – mas também da tradição oral, com preceitos machistas revelada em expressões como “por trás de um grande homem está sempre uma grande mulher”. Cruzando os universos, a Stabilo procura trazer com o poder do seu amarelo fluorescente as mulheres para o primeiro plano da história.

Toda a gente conhece a expressão “Por trás de todo grande homem existe uma grande mulher”. Mas o que isso significa? Que o homem é sempre o herói e a mulher a ajudante? A verdade é que muitas vezes as mulheres foram simplesmente ofuscadas, e as suas ações e sucessos não são mencionados. 2018 é o ano para reescrever a história: com Stabilo Boss.

Assim, em três peças de imprensa distintas e com um grafismo assinalável – o chamado clássico instantâneo –, a marca assinala o papel de três mulheres de que provavelmente nunca tinhas ouvido falar: Lisa Meitner, uma das responsáveis pela descoberta da fissão nuclear e que viu o seu companheiro receber um prémio Nobel; Katherine Johnson, a matemática responsável pelos cálculos de regresso em segurança da missão Apollo 11; e Edith Wilson, a segunda mulher do Presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson, que assumiu a presidência depois de complicações de saúde do seu marido.

O trabalho tem a assinatura da agência internacional DDB, mais concretamente da sucursal de Düsseldorf e do director criativo Dennis May.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.