Extensão portuguesa Ahoy! removida da loja do Chrome “sem qualquer explicação”

O Ahoy! conta com 185 mil utilizadores e já os ajudou a desbloquear milhões de páginas ao longo dos últimos três anos.

Ahoy! é uma extensão para os browsers Chrome e Firefox, criada pelo movimento Revolução dos Bytes, que permite aceder aos sites bloqueados em Portugal. A extensão tem cerca de 185 mil utilizadores, a maioria dos quais usam o Chrome, onde se tornou mais difícil a sua instalação.

É que o Ahoy! foi removido “sem qualquer explicação” do mercado de aplicações do browser da Google. “Esta situação, da qual somos completamente alheios, está a impossibilitar a instalação na nossa extensão pelos utilizadores deste browser, uma situação altamente inconveniente que coloca em causa o funcionamento e a viabilidade deste projecto, visto que cerca de 98% dos nossos utilizadores vêm do Chrome”, referem os promotores da Revolução dos Bytes em comunicado.

A Chrome Web Store é a loja de extensões e temas do respectivo browser da Google, sendo a forma mais segura e prática de proceder à instalação desses add-ons. A Revolução dos Bytes, movimento cívico criado em 2015, diz que não recebeu “qualquer notificação da parte da Google” na sequência da remoção do Ahoy! da loja e que, “se infringimos alguma dos termos da loja, nunca nos foi informado qual, quando, e/ou porquê”. Lembrando que a sua extensão representa uma luta por “uma internet verdadeiramente livre, neutra, e sem qualquer censura”, os responsáveis referem ainda que não lhes foi dada pela Google “qualquer possibilidade de corrigir algum eventual problema”. “Não existe nenhum correio electrónico para apoio a programadores, não existe nenhum formulário de contacto, nem nada semelhante”, escrevem.

O Ahoy! conta com 185 mil utilizadores e já os ajudou a desbloquear milhões de páginas ao longo dos últimos três anos. Ajudou também a Revolução dos Bytes a detectar os sites bloqueados pela Internet fora“graças ao Ahoy!, já foram detectados e desbloqueados 1750 sites”, que vão sendo listados aqui. O Ahoy! está disponível em código aberto no GitHub.

A versão do Firefox do Ahoy! permanece disponível na página da Mozilla; quanto ao Chrome, terás de fazer o download e a instalação manualmente. “Visto que é uma instalação fora da loja do Google, existem alguns passos adicionais que têm que ser executados para concluir a instalação.”