Facebook lança o seu concorrente ao YouTube globalmente

Um ano depois do seu lançamento nos EUA, o Facebook Watch vai chegar por fim a todo o mundo.

 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Em 2017, o Facebook lançou nos EUA o Watch, a sua plataforma de vídeo, com conteúdos de entretenimento, desporto, notícias e mais. Agora, cerca de um ano depois, o Facebook Watch, concorrente do YouTube, será lançado globalmente.

Os mais de dois mil milhões de utilizadores do Facebook em todo o mundo, incluindo Portugal, irão encontrar um novo separador intitulado “Watch” nas aplicações iOS e Android da rede social, bem como na versão web. Entrando no Watch, vais ter acesso a um feed personalizado de vídeos das páginas que segues, bem como recomendações que te podem interessar.

O Facebook Watch não é composto por vídeos isolados (como no News Feed ou no resto do Facebook), mas antes por séries e respectivos episódios. Sempre que existir um novo episódio de uma série que segues, ele aparecerá na tua “Watchlist”. No Watch encontrarás ainda os vídeos que guardaste para ver mais tarde durante a tua experiência em todo o Facebook.

A empresa de Mark Zuckerberg tem grandes planos para o Watch, que passam por disponibilizar mais ferramentas aos criadores para produzirem séries para a sua plataforma de vídeo, investir em programação original junto de alguns órgãos de comunicação social ou assinar acordos de transmissão de campeonatos desportivos.

De acordo com o Facebook, mais de 50 milhões de pessoas nos EUA assistem a pelo menos um minuto de vídeos no Watch todos os meses e o tempo total gasto na visualização de vídeos aumentou 14 vezes desde o início de 2018. Ainda assim, um estudo recente aponta que 50% dos utilizadores norte-americanos nunca tinha ouvido falar do Watch. Pode ser que esta expansão global ajude a afirmar a plataforma.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!