iOS 12: dois bons motivos para actualizares o teu iPhone

Nova versão do sistema operativo da Apple já está disponível para todos os iPhones e iPads que receberam o iOS 11.

iOS 12 iphone

Sempre que uma nova versão do sistema operativo da Apple sai surge a questão: devo actualizar o meu iPhone/iPad? A resposta é sim por dois motivos: o iOS 12 tem uma série de optimizações a pensar nos equipamentos mais antigos e introduz várias ferramentas a pensar no “bem estar digital”.

iOS 12 faz bem aos equipamentos antigos

Comecemos pelas optimizações. A Apple andou mesmo a mexer no cerne do sistema operativo, melhorando a sua performance em equipamentos mais antigos. Se actualizações anteriores tornavam os iPhones/iPads mais antigos mais lentos, o iOS 12 promete fazer o aposto. E não se trata apenas de uma promessa de marketing da Apple. Testes independentes (link 1, link 2) mostram melhorias significativas em algumas aplicações ou tarefas do próprio sistema operativo em equipamentos como o iPhone 5S ou o iPad Mini 2, ambos de 2013.

Screenshot via Apple

O iOS 12 pode ser instalado em todos os iPhones e iPads que receberam o iOS 11 no ano passado, isto é, no iPhone 5S ou superior, no iPad 4 ou superior, em todos os iPads Air e iPads Pro, no iPad Mini 2 ou superior, e no iPod Touch de 6ª geração. É a primeira actualização do iOS que não deixa nenhum equipamento de fora: o iOS 11, por exemplo, “marginalizou” os dispositivos de 2012.

iOS 12 faz bem ao teu bem estar

Para a Apple e para a Google, 2018 é o ano do “bem estar digital”. A diferença entre os dois é a capacidade de entrega das ferramentas que ambos anunciaram e que prometem ajudar-nos a gerir melhor o tempo passado com a tecnologia. Com o iOS 12, poderás saber o tempo que despendeste em cada app e colocar limites diários – por exemplo, um máximo de 5 minutos para o Instagram. Uma vez atingido esse limite, a app vai aparecer cinzenta no teu home screen e, se a tentares abrir, verás um splash screen a informar-te de que o seu tempo se esgotou (é possível avançar na mesma para a aplicação, mas a premissa é o auto-controlo).

Screen Time no iOS 12 (imagem via Apple)

O iOS 12 vem com outras ferramentas de bem estar, englobadas numa nova secção nas definições a que a Apple chamou de “Screen Time”. Aí podes estabelecer também um período de “Downtime”, durante o qual só podes usar determinadas apps que pré-seleccionaste. A opção “Do Not Disturb” foi melhorada e pode agora ser programada para terminar automaticamente ao final da tarde, depois de um evento específico que está no teu calendário ou à chegada a um dado local. Já durante a tua hora de dormir – que podes indicar no teu iPhone/iPad no chamado “Bedtime” – o “Do Not Disturb” irá escurecer o ecrã do teu equipamento até à manhã seguinte, escondendo todas as eventuais notificações que recebas durante a noite.

Do Not Disturb no iOS 12 (imagem via Apple)

Os relatórios apresentados na secção “Screen Time” não dão conta apenas das apps que mais usaste, mas também do tempo gasto em cada categorias de apps, quantas notificações recebeste e quantas vezes pegaste no iPhone ou iPad durante o dia ou durante a semana. No que toca a notificações, poderás optimizar melhor as que recebes para cada aplicação.

Outras novidades

O iOS 12 vem com mais novidades além das duas supra referidas, incluindo os Siri Shortcuts, que te permitem definir palavras-chave que podes dizer à Siri para ela executar determinadas tarefas, que sejam frequentes. Podes também estabelecer outras “regras”, ao estilo do IFTT, que tornem a assistente pessoal do teu iPhone/iPad mais útil. O iOS 12 traz ainda novidades no que toca a segurança e privacidade; através do Safari, passa a ser mais difícil para os sites te “seguirem” online – por exemplo, através dos botões de “Like” ou “Share”.