84 “casas” de Lisboa de portas abertas este fim-de-semana

Começa já amanhã a 7ª edição do Open House Lisboa.

Atelier Cecílio de Sousa

Amanhã arranca a 7ª edição do Open House Lisboa. Dias 22 e 23 de Setembro, o evento volta a abrir portas e portões da cidade e convida todos a entrar. São 38 estreias numa rota de 84 espaços que poderão ser visitados gratuitamente A juntar a estes, existirá este ano uma novidade: 9 percursos urbanos, por diferentes zonas da cidade (Chiado, Avenidas Novas, Olivais, Parque das Nações, etc), que poderão ser percorridos a pé com a companhia de especialistas. Para conhecer melhor a história, as mudanças e a arquitectura dos nossos bairros.

Este Open House Lisboa 2018 é organizado, como os anteriores, pela Trienal de Arquitectura de Lisboa e pela EGEAC, tendo como comissários o arquitecto, crítico e professor Luís Santiago Baptista, e a arquitecta, professora e investigadora Maria Rita Pais. A dupla dividiu Lisboa em nove zonas, num desafio de pensar a cidade de hoje zona-a-zona, carregando nesse processo de reflexão o conhecimento da história e os desenvolvimentos urbanísticos trazidos com a modernidade.

Estufa Fria

O roteiro deste ano reflecte mais uma vez a diversidade arquitectónica de Lisboa: de uma casa no Restelo à habitação colectiva Pantera Cor-de-Rosa em Chelas, da Garagem do Conde Barão até à Torre do Tombo, passando pelo atelier Cecílio de Sousa. Cabe depois ao visitante estabelecer as suas relações, pensar na sua experiência e nas modificações da sua cidade. No site do evento, é possível encontrar um mapa interactivo com todas as informações sobre os espaços e horários.

Quinta das Fonsecas e Calçada

No Open House é chegar e entrar sem bater à porta, pois da lista apenas 10 espaços tinham necessidade de marcação e, só estes estão esgotados. Todas as restantes visitas estão disponíveis a qualquer pessoa, podendo ser feitas de forma livre ou guiadas por especialistas, não existindo necessidade de marcação prévia. E porque o Open House Lisboa se quer cada vez mais para toda a gente, da programação constam ainda 14 visitas acessíveis a pessoas cegas ou com baixa visão, e pessoas surdas.

Podes saber mais sobre o Open House Lisboa neste PDF ou no site oficial.