Canais sobre “tecnologia primitiva” que são um sucesso no YouTube

Tecnologia primitiva é um género popular no YouTube. São vídeos que ensinam a construir coisas sem ferramentas do mundo moderno.

Screenshot via Primitive Technology/YouTube

Mais de 8 milhões de subscritores e de 615 milhões de visualizações. O Primitive Technology é um canal de tecnologia no YouTube diferente de todos os outros. Não tira da caixa o mais recente smartphone nem analisa aquele gadget desejado. A tecnologia de que o Primitive Technology é, como o nome indica, uma tecnologia primitiva. Se calhar, até mais interessante…

O que é isto da tecnologia primitiva?

Tecnologia primitiva é, aparentemente, um género popular no YouTube, como dá conta a BBC. São vídeos que ensinam a construir coisas sem ferramentas do mundo moderno. É como se existisse um botão de reset que eliminasse todos os comodismos que a Revolução Industrial e mais recentemente o sistema capitalista nos deu e tivéssemos de viver por nossa conta. Quer seja um machado, um pote ou um sistema potente para partir pedra, canais como o Primitive Technology têm tutoriais – alguns mais curtos, outros mais longos – que nos ensinam esse tipo de truques.

Primitive Technology: o início de um género

O Primitive Technology foi dos primeiros canais do género a surgir no YouTube. Criado em 2015, tem os números impressionantes que apresentámos e cima, e é da autoria de John Plant, um australiano que assina como “The Man” e que hoje, à semelhança de outros youtubers, diz viver do dinheiro que faz com os vídeos publicados na plataforma da Google. As receitas de John provém também do Patreon, onde recebe perto de 6 mil euros por mês de mais de 3300 patronos.

À BBC, John contou que começou na “arte” da tecnologia primitiva em criança, com 11 anos, “a fazer uma pequena cabana de pedra e madeira no riacho atrás da minha casa”. Desenvolveu o seu conhecimento a sério quando não estava a trabalhar, depois dos tempos na universidade, e começou a certo ponto a filmar os seus projectos. Diz que não leva uma “vida selvagem” a tempo inteiro, “vivendo numa casa moderna e comendo comida moderna”.

Para este “The Man”, ter recursos limitados – aqueles que estão disponíveis na Natureza, à nossa mão – leva-nos a ser mais criativos. Diz gostar de partilhar o que sabe com as pessoas. Na concepção dos vídeos para o seu canal, a única tecnologia moderna que usa é uma câmara e um tripé.

Outros canais no YouTube e uma comunidade no Reddit

O Primitive Technology não é o único canal de tecnologia primitiva disponível no YouTube. O Primitive TV é outro do género – tem mais de 120 mil subscritores e de 20 milhões de visualizações. Já o Primitive Skills é seguido por mais de 360 mil internautas e reúne para cima de 33 milhões de visualizações. A tecnologia primitiva tem espaço também no Reddit: a comunidade r/PrimitiveTechnology junta mais de 26,5 mil utilizadores daquela plataforma de discussão.