Worten lança nova loja online antecipando a chegada da Amazon

A retalhista especializada em tecnologia e electrónica abriu a sua loja online a parceiros e novas categorias de mercado, como mobiliário, decoração e descanso.

Worten Marketplace

Presente em outros países europeus, como Espanha, França e Reino Unido, a Amazon poderá estar próxima de entrar em Portugal. A gigante mundial de comércio electrónico, que actualmente assegura as encomendas para o mercado português através do país vizinho, estará de olho no Porto para aí instalar o seu “centro de comandos”, a partir do qual conduzirá a venda de livros, música, vídeos, produtos de electrónica e não só a nível nacional.

As primeiras notícias sobre a eventual entrada directa da Amazon em Portugal surgiram no início deste ano pela mão do Jornal de Negócios, citando “fonte próxima do processo”. Desde então, nunca mais se ouviu falar da chegada da tecnológica norte-americana, mas o “processo” deverá estar a decorrer. Em Julho, a revista especializada em retalho Hipersuper publicou um artigo sobre o possível impacto da Amazon no mercado português, referindo que poderá aumentar as vendas digitais das empresas, à semelhança do que aconteceu em Espanha desde 2011, quando a Amazon lá chegou.

Entretanto, a Worten parece já estar a antecipar a chegada da Amazon. A retalhista do grupo Sonae – especializada em tecnologia e electrónica, e concorrente directa da FNAC – acaba de abrir a sua loja online a parceiros, num investimento total que rondou os 7 milhões de euros. Com essa abertura, o site da Worten alarga-se a outras categorias de mercado além daquelas que caracterizam a marca, como mobiliário, decoração e descanso. São mais de 100 mil produtos deste universo que já estão disponíveis naquilo a que a Worten chamou de “Worten Marketplace”, querendo a empresa chegar a um milhão de referências até ao final de 2018.

Worten Marketplace

“Sabemos que cerca de 1/3 dos portugueses compram online e que, até 2025, esse número subirá para perto dos 60%”, explica Mário Pereira, director operacional da Worten Ibéria. “A Worten, enquanto líder de mercado, está empenhada em facilitar esta evolução, acompanhando os seus clientes e parceiros, ao mesmo tempo que entra em novos territórios no retalho.”

No seu novo modelo de negócio que é o Marketplace, a Worten trabalha com empresas parceiras seleccionadas (sellers), assegurando propostas de valor especializadas e relevantes para o consumidor, através do Worten.pt, o site transaccional com mais tráfego em Portugal. Será claro para o cliente que a venda é feita pela empresa parceira, mas a experiência de compra online será igual àquela que o cliente do Worten.pt já conhece. Os vendedores colocam os seus produtos à venda em Worten.pt e a Worten põe a sua rede de lojas à disposição para ajudar no processo de recolha dos produtos, mas também no esclarecimento de dúvidas e resolução de questões.

Segundo a empresa do grupo Sonae, o Worten Marketplace levou já à criação de 100 novos postos de trabalho, particularmente nas áreas de IT, gestão de produto e gestão comercial, O investimento total foi de 7 milhões de euros, campanha de comunicação incluída. Trata-se de uma campanha multi-meios que arranca esta quinta-feira, dia 20 de Setembro, e cujo spot de TV, da autoria da agência de publicidade FUEL e produzido pela Krypton.