Há um novo documentário sobre Arctic Monkeys – ou será sobre Alex Turner?

A banda britânica anunciou ainda o lançamento do single "Tranquility Base Hotel & Casino" num vinil de 7 polegadas com uma nova música no b-side chamada "Anyways".

Se estás à espera da chamada chapa 3 dos documentários musicais, é melhor não veres Warp Speed Chic. O novo documentário sobre o último álbum dos Arctic Monkeys não tem voz off nem entrevistas, não desvenda os segredos por trás do processo criativo de Tranquility Base Hotel & Casino, não tem histórias emocionantes acerca da vida de nenhum dos membros da banda, não revela nada acerca dos quase 6 anos do seu hiato discográfico, não te faz sentir um deles, nem um dos The Strokes – ainda que o caminho seja por aí. É que este mini doc é uma espécie de continuação do universo gráfico que a banda britânica construiu no seu último álbum, o lounge Kubrickiano onde Alex Turner está sentado à espera para nos receber, vestindo o seu melhor fato.

Warp Speed Chic foi realizado por Ben Chappell, realizador do vídeo de “Tranquility Base Hotel & Casino” e de outros vídeos de Arctic Monkeys como o de “Four Out of Five” ou “Don’t Sit Down ‘Cause I’ve Moved Your Chair”, e por ter sido o homem responsável pelo primeiro, percebe-se que aqui tenham sido usadas as mesmas referências estéticas. Se Alex Turner já tinha decifrado que grande parte do conceito que pensou para o último álbum da banda andaria à volta da sua obsessão por Stanley Kubrick, no novo short doc da banda, a referência torna-se ainda mais óbvia quando o vemos usar uma t-shirt de A Clockwork Orange durante os ensaios.

E não nos interpretes mal quando acima falámos das ausências do documentário – estamos só a ser exigentes. Há ensaios e filmagens de bastidores, naquele jeito amador que te quer puxar para dentro da sala com os músicos. Há imagens da tour, da banda a passear na rua, do backstage de videoclipes, há momentos encenados para o efeito artístico do filme e até uns segundos cómicos já depois dos créditos, que aparecem como um doce para os que ficaram até ao fim.

São 12 minutos que, mais do que serem informativos, desvendam um bocadinho do ambiente que a banda viveu durante a criação do seu último álbum. Warp Speed Chic é quase um mood doc, que ajuda a consolidar que com Tranquility Base Hotel & Casino os AM não só cavalgaram a fundo num mundo de referências e imagética, como entregaram as rédeas da viagem a Alex Turner. Mais do que um documentário sobre os últimos meses de trabalho da banda, este é um filme sobre o vocalista e criativo por detrás de uma das bandas que marcou a nossa geração. E isso não é mau. Como diz a frase a que muitos dos fãs mais antigos já tiveram de se habituar: “São só os novos Arctic Monkeys.”

A banda divulgou hoje o documentário, bem como o lançamento do single “Tranquility Base Hotel & Casino” num vinil de 7 polegadas para o próximo dia 30 de Novembro, que chegará com uma surpresa. No lado b, a banda apresentará “Anyways”, uma faixa inédita.