O anúncio de Natal do Twitter é também do John Lewis. Porque os enganos acontecem…

A rede social do passarinho mostrou mais uma vez a personalidade jovem e disruptiva que a caracteriza e antecipou-se à John Lewis, criando um bom anúncio de natal com O John Lewis... ou um deles.

Todos os anos, quando chega a altura do Natal, surgem nos feeds de criativos publicitários e apreciadores da área referências, menções e partilhas às campanhas de época da John Lewis. A cadeia de supermercados londrina tornou-se especialista em comunicar nesta altura do ano, criando peças emotivas e que marcam a diferença no mundo dos anúncios televisivas, cada vez mais monolítico.

Em consequência disso, neste mês de Dezembro aumentam as menções nas redes sociais ao supermercado e não só, também aumentam as menções a outros John Lewis que existam por aí. E foi a pensar nisso que o Twitter londrino criou a sua campanha de Natal – protagonizada por… John Lewis, claro.

A miniatura do YouTube pode induzir em erro porque o propósito é notoriamente subversivo. A rede social do passarinho mostrou mais uma vez a personalidade jovem e disruptiva que a caracteriza e antecipou-se à John Lewis, criando um bom anúncio de natal com O John Lewis… ou um deles.

Neste pequeno filme, vemos um homem de meia idade a responder a dezenas de tweets que lhe vão chegando como se fossem para a cadeira britânica, a que ele vai respondendo dentro do espírito de solidariedade e voluntarismo próprio da época.

A campanha termina com um “Junta-te à conversa. Mesmo que seja por engano”, resumindo a ideia subjacente a toda a criatividade que pretende posicionar o Twitter com um espaço de conversa orgânico mesmo que algumas delas surjam por imprevistos ou até erros.