Invulgar por fora e por dentro. Uma casa de Aires Mateus no meio de Lisboa

Um projecto da autoria de Aires Mateus.

Foto de João Guimarães/DR

Tem vista para a Basílica da Estrela, uma panorâmica sobre parte da cidade e também se avista o Tejo. Mas quem se sentar no topo da ‘Casa na Estrela’, projecto do estúdio de arquitectura Aires Mateus, pode facilmente esquecer-se de que está em Lisboa dado o desenho invulgar daquele terraço.

A ‘Casa na Estrela’ está localizada numa rua onde a arquitectura característica de Lisboa prevalece: casa coloridas, de tons amarelados, pormenores ornamentais, relevos que sobressaem nas fachadas. Mas a ‘Casa na Estrela’ é simples, direita e geométrica. Despedida e revestida a concreto, sobressai, todavia, na dita rua mas não a desvirtua.

São vários os detalhes no desenho desta casa. Segundo o site Designboom, a casa foi pensada para ser ocupada por diferentes gerações da mesma família; a configuração do espaço, com dois circuitos diferentes entre o interior e exterior, permite que pais e filhos tenham a sua independência apesar de coabitarem o mesmo espaço.

O terraço não é recto como o resto da casa, apresentando linhas e formas circulares que dialogam com a paisagem em redor. Há uma piscina no centro com o aspecto de tijela.

Os arquitectos Aires Mateus, Manuel Aires Mateus e Francisco Aires Mateus, que assinam este trabalho, são dos mais reconhecidos autores de projectos de arquitectura nacionais e internacionais, sendo frequentemente citados na imprensa internacional. Para se perceber o contexto desta dupla, importa recordar que são os responsáveis, por exemplo, pelo projecto da nova sede da EDP, na Avenida 24 de Julho, e da Faculdade de Arquitectura de Tournai, na Bélgica.

Fotos de João Guimarães/JG Photography