Casal substitui 100 fotografias do IKEA por fotografias suas

Erikas Mališauskas e a sua namorada decidiram hackar o IKEA da sua cidade local..

O mundo como o conhecemos tem muito espaço para imagens e muito pouco espaço para fotografias genuínas. Os anúncios de publicidade são um dos exemplos onde reinam as fotografias de bancos de imagens, mas não são o único. Por exemplo, as lojas de decoração são outro dos reinos.

Face a esta realidade, e tentando contrariá-la, Erikas Mališauskas e a sua namorada decidiram hackar o IKEA da sua cidade local, Vilnius, na Lituânia. Para o efeito, contaram as molduras da loja, foram até ao seu Instagram e escolheram algumas fotos; depois foi só imprimi-las e seguir até à loja para a operação de subversão. O momento escolhido foi um sábado à tarde, bastante movimento na loja, para camuflar o plano.

Segundo contam numa publicação do Bored Panda, Erikas e a namorada começaram por levar as molduras até à casa de banho para estarem mais à vontade, mas só o fizeram até se aperceberem que ninguém queria saber do que estavam a fazer às molduras e se sentirem em casa: “O IKEA devia estar preparado para isto. Graças a Deus não estava.”