E se todos pensássemos na mesma língua?

Foi com esta ideia que nasceu o projecto de fotografia Common Thinkers.

Numa região do mundo em que a comunicação nem sempre flui (especialmente quando a língua é completamente diferente das que dominamos), tentar adivinhar os pensamentos dos outros acaba por ser muito mais que um exercício criativo: é uma forma de sobrevivência.

Foi com esta ideia em mente que Nuno Dores, criativo publicitário em Shanghai, resolveu dar um propósito maior a algumas das fotografias que tem tirado pela Ásia e criou o projecto Common Thinkers.

 

Inspirada pela estética da street photography, Common Thinkers é uma colecção de situações e pensamentos inusitados que tem como pano de fundo Shanghai, Hong Kong e Seoul. Usando o inglês como língua universal dos pensamentos, cada fotografia conta uma história que combina o poder das palavras com o impacto visual de um momento capturado na altura certa.

O resultado é uma série de fotografias com um tom humorístico em que Nuno tenta adivinhar o que cada um dos protagonistas estaria a pensar no momento do disparo.

O objectivo passa por fazer o projecto crescer, conforme as viagens, de forma a ligar o mundo por uma única língua: a do pensamento imaginado.