Agora podes visitar a Assembleia da República a partir de casa

Projecto foi lançado esta quarta-feira.

A ‘casa da Democracia portuguesa’ pode ser agora visitada por qualquer pessoa a qualquer hora e sem grandes restricções. O Palácio de São Bento é, desde 1976, a sede da Assembleia da República e pode agora ser visitado virtualmente através do browser do teu computador.

Esta visita virtual, lançada esta quarta-feira, 17 de Julho, permite percorrer praticamente todos os espaços interiores e envolventes do Palácio de São Bento. Além dos espaços mais emblemáticos do Parlamento, como a Sala das Sessões ou os Passos Perdidos, é também possível entrar em espaços de trabalho habitualmente vedados ao público como o Gabinete do Presidente da Assembleia da República, a Sala de Visitas da Presidência, as Salas Lisboa e Acácio Lino, bem como as claraboias do Hemiciclo e do Senado, e a cobertura da Escadaria Nobre.

De acordo com o comunicado da Assembleia da República, “este projecto é mais do que uma visita ao Palácio ou uma apresentação da história do Parlamento e do seu património”, pois “permite que os cidadãos conheçam, de uma forma apelativa, o funcionamento e as competências da Assembleia da República”. Podes, por exemplo, ver como são definidos os agendamentos do Plenário ou as formas de participação dos cidadãos junto da Assembleia, através de petições e outros instrumentos.

A visita virtual é acompanhada por textos, vídeos e infografias; alguns desses conteúdos ainda não estão disponíveis, pelo que esta é uma visita em “em constante desenvolvimento e atualização”, lê-se na mesma nota enviada às redacções. “A visita virtual, que pretende ser uma experiência imersiva, constitui uma forma de aproximação aos cidadãos, permitindo o acesso, a partir de qualquer lugar, ao Parlamento.”

A primeira visita virtual ao Palácio de São Bento foi criada em 2002, há 17 anos. O Palácio também pode ser visitado presencialmente, mediante marcação ou sempre no último sábado de cada mês.