Como aproveitar o fim-de-semana de forma a ter uma melhor segunda-feira

O segredo está mesmo em relaxar no sábado e domingo, rejuvenescendo a nossa cabeça para uma semana com mais energia e motivação.

Foto de Élio Santos via Unsplash

Algumas pessoas são organizadas por natureza. Conseguem estruturar a sua semana de forma a extrair dela o máximo de produtividade, sem perder controlo do balanço vida/trabalho. Aliás, esse equilíbrio e ritmo são capazes de ser o sonho de todos nós e, para muitos de nós, parece ser algo tão difícil de atingir, não é verdade? Por vezes, bastam algumas dicas.

O fim-de-semana costuma passar a correr. São apenas dois dias que tens “livre” de uma semana com sete. O fim-de-semana é óptimo para descansar e repor energias, e é assim que deve ser – por mais trabalho que tenhas. Somos humanos e precisamos de ter a nossa cabeça sã; não é por trabalharmos mais tempo que vamos trabalhar melhor, pois se não descansarmos convenientemente vamos estar a trabalhar mais horas e a fazer menos quando podíamos fazer mais em menos horas.

Travis Bradberry, autor do livro Emotional Intelligence 2.0, partilhou no LinkedIn e no Quartz algumas dicas que te poderão ajudar a descansar no fim-de-semana e a arrancar a 200% na segunda-feira – nós juntámos mais algumas ideias, baseadas na nossa experiência pessoal. O segredo está mesmo em relaxar no sábado e domingo, rejuvenescendo a nossa cabeça para uma semana com mais energia e motivação.

1 – Desliga-te

Desconectar é importante. Muitos trabalhos implicam um contacto quase 24/7 com a tecnologia e o fim-de-semana pode ser a única oportunidade que se tem para tirar os olhos do ecrã. Aproveita o sábado e domingo para largar os feeds e as notificações pode ser um alívio do stress ao qual estás exposto nos outros dias. Se precisares de estar conectado por algum motivo no fim-de-semana, cria um momento específico para ires ao telefone responder a mensagens ou voicemails.

2 – Reduz as tarefas domésticas que fazes

Muitas vezes deixamos a lide da casa para o fim-de-semana, mas as tarefas domésticas podem roubar-nos o tempo que poderíamos estar a aproveitar para relaxar e reflectir. Procura espaçar essas tarefas pelos dias úteis – fazer um calendário pode ajudar – e, se por algum motivo, não as conseguiste fazer no tempo que lhes destinaste, aí, sim, usa o fim-de-semana.

3 – Exercita o teu corpo

Não tens tempo durante a semana, estás constantemente a arranjar desculpas para não ir ao ginásio ou vais a correr? Manter o corpo exercitado é óptimo para manter uma actividade física regular e também ajuda a reduzir o stress. Muitas vezes é tempo em que estás sozinho com os teus pensamentos e isso pode ser bom em termos criativos – para ter ideias. Vai correr, vai andar de bicicleta ou até mesmo vai fazer jardinagem; cria uma rotina de exercício no fim-de-semana, até porque não tens de estar a correr porque tens de fazer o jantar ou porque entras às 9.

4 – Tira tempo para reflectir

Com o rodopio da semana, sempre atrás de e-mails, a responder a chamadas e mensagens e a completar o trabalho, resta-nos pouco tempo para pensar. E pensar é mais importante do que se calhar podes imaginar. Aproveita o facto de te desligares da net ao fim-de-semana, não alimentando o teu cérebro com os feeds, para reflectir sobre o que fizeste na semana, conseguir novas ideias, melhorar a tua performance e ser mais eficiente a alcançar os resultados que profissionalmente pretendes. Tirar a cabeça do trabalho, afastares-te, é das melhores coisas que podes fazer!

5 – Faz algo que te apaixona

Arranja uma paixão e persegue-a. Um hobby, algo que te ajude a tirar a cabeça do que fazes durante a semana e que servia de escape ao stress, às preocupações, às chatices… Algo que te leve a tua mente para outros horizontes, que te ajude a melhorar como pessoa, que te tire da zona de conforto, que também te ajuda a reflectir. Pode ser tocar música, ler, escrever, pintar, jogar às cartas, dar passeios a pé pela tua cidade…

6 – Passa ‘tempo de qualidade’ com a família

Costuma dizer-se que não há nada mais importante que a nossa família e, sim, passar tempo com ela é ultra-necessário. Não interessa a faixa etária: os novos precisam de atenção, querem que brinquemos com eles; mas os velhos também precisam de nós, os nossos avós, os nossos pais, enfim, todos os familiares. Vão a um jardim, fiquem em casa a fazer serão, vão passear e almoçar fora. O que importa é que seja ‘tempo de qualidade’.

7 – Programa mini-aventuras

Descobre algo novo ou vai fazer algo de que gostas. Um concerto onde possas curtir a banda que adoras, uma discoteca onde possas perder as estribeiras, um novo hotel num lugar que não conheces, um museu que não conheces, um bairro novo na tua cidade onde te podes perder… Já percebeste. Tudo isto mexe com a necessidade de tirar tempo do trabalho e investir em relaxar e pensar, em tempo com a família, em tempo contigo. Saber que tens algo interessante e divertido para fazer no sábado não só te vai fazer desejar que sábado chegue, como te vai deixar bem disposto durante a semana anterior e na semana que se segue.

8 – Levanta-te à mesma hora

É tentador ficar na cama até mais tarde, mas não fiques. Quer dizer, uma horinha a mais não faz mal a ninguém mas não corras o risco de perder uma manhã inteira! Não coloques despertador ao fim-de-semana (ou coloca um para as 10 horas se o teu hábito é acordar às 8), mas tenta levantar-se no sábado e no domingo à mesma hora a que te levantas nos outros dias todos. Ter esse hábito é bom para os teus ciclos de sonos e ajuda-te a que na segunda não seja uma complicação acordar cedo novamente. Além disso, as manhãs são muitas vezes subvalorizadas, apesar de saber tão bem acordar cedo – e o fim-de-semana parece logo maior!

9 – Faz das manhãs ‘tempo para ti’

Tempo com a família é bom e reflectir sobre como podes melhorar a tua performance laboral também. Mas tempo para nós mesmos é mais importante. Temos de pensar em nós e isso não quer dizer ir à Zara a correr comprar roupa; quer dizer para um pouco, olhar ao espelho ou simplesmente sentar no sofá e reflectir sobre nós, sobre como podemos ser melhores, sobre o que queremos fazer… Tempo para nós também nos ajuda a pensar nos outros, naqueles de quem mais gostamos. Mas tempo para nós não é só para reflexão; é também para fazermos algo que nós, só nós, gostamos de fazer. Podemos ser uma equipa em casa e outra no trabalho, mas temos de ter os nossos momentos e de estar bem connosco para que também possamos ser melhores com os outros.

10 – Prepara a semana seguinte

Uma das partes mais stressantes do fim-de-semana – e de não fazer nada no fim-de-semana – é a semana seguinte. A sensação de chegar a segunda-feira sem um plano é terrível e, por isso, tira uma meia hora no sábado ou no domingo para planear. Planeia tudo, não só a nível profissional, mas também pessoal. Ter algo escrito ajuda a reduzir a ansiedade e aumenta a produtividade, mesmo que depois esse plano saía todo ao lado – também faz parte. Certo é que a semana parece logo outra se tivermos uma ideia do que possamos fazer, podemos chegar à segunda e focar em executar. Caso não queiras estar a pensar no fim-de-semana em planeamentos, faz isso na sexta-feira ao final do dia – pode ser a última coisa antes de saíres.